Quem foi criança nos anos 1970 ou 1980 em Jundiaí sabe que o Natal não era Natal se você não desse uma paradinha em frente às vitrines da Lojas Magalhães, na rua Barão de Jundiaí, para ver o Papai Noel da loja. Para quem não sabe, a Lojas Magalhães foi um dos comércios mais tradicionais da cidade. O Papai Noel que ficava na vitrine era muito diferente dos atuais. O boneco murchava e inflava lentamente. Crianças – e muitos adultos, diga-se de passagem – assistiam ao espetáculo curiosos. O Papai Noel das Lojas Magalhães se tornou uma atração natalina para o centro de Jundiaí.

Os anos passaram e o comércio fechou suas portas. Felizmente, a família de comerciantes doou o boneco ao Museu Solar do Barão e, nesta época do ano, ele costumava ficar em exposição (veja o vídeo abaixo).

Mais de 30 anos depois é preciso falar a verdade: embora o Papai Noel das Lojas Magalhães seja um ícone do Natal da cidade, despertava as mais variadas reações na criançada. Algumas se divertiam ao ver o boneco inflável murchando até chegar ao chão. Outras não paravam de chorar até que os pais rompessem a pequena multidão que se formava em frente à vitrine.

Hoje, quem chorou ou riu com aquele Papai Noel desengonçado certamente relembra bons Natais quando o vê. Natais com pessoas queridas que já se foram, amigos que seguiram seus caminhos, tempos em que os sonhos poderiam virar realidade já que tudo pode para uma criança!(Foto: reprodução Youtube)

PARA MAIS JUNDIAÍ DE ANTIGAMENTE CLIQUE AQUI


VEJA TAMBÉM

PÍLULA DO DIA SEGUINTE: QUANDO USAR? ASSISTA AO VÍDEO COM A GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI