21, novembro , 2018
Home Jundiaí de Antigamente De CAPELA até Catedral, bem no centro da cidade

De CAPELA até Catedral, bem no centro da cidade

jundiai de antigamente (1)Vamos para cidade? É assim que muita gente ainda diz quando vai ao centro de Jundiaí , bem no local onde tudo começou, bem no entorno de nossa igreja principal. A história da Catedral Nossa Senhora do Desterro começou em 1651 quando da construção da primeira capela e foi um marco indiscutível para a elevação de Jundiaí à categoria de vila, em 1655.

A igreja em 1800: desenho do historiador Geraldo Tomanik
A igreja em 1800: desenho do historiador Geraldo Tomanik

Duzentos e cinco anos depois ocorreu a elevação, exatamente no dia 28 de março de 1865. Nessa época já existia a Igreja Matriz em estilo barroco com duas torres. Em 1886, o famoso e disputado engenheiro Ramos de Azevedo, que já era consagrado no Brasil, mas principalmente na cidade de São Paulo, projetou e remodelou a Matriz em estilo neogótico com duas altas torres. Em 1921, o vigário da época contratou o pintor Italiano Arnaldo Mecozzi para decorar o interior da igreja que tinha trocado seus forros antigos por lindas abóbodas.

Em 1864: nesta época já era Igreja Matriz mas bem diferente a Catedral que conhecemos hoje
Em 1864: nesta época já era Igreja Matriz

Nossa Catedral possui um grande acervo de arte sacra, vitrais maravilhosos e outros bens, em especial o Cristo Crucificado da Capela do Santíssimo; sinos e o órgão de tubos Cavaille-Coll, fabricado na França trazidos da Itália e França por Antônio de Queiroz Telles, o Conde do Parnaíba, em 1879. Tem também a imagem de São José, trazida da Espanha por Mário e Dagmar Borin, em 1952.

 

Em 1910: depois da reforma do engenheiro Ramos de Azevedo
Em 1910: depois da reforma do engenheiro Ramos de Azevedo
A Matriz em duas décadas: na foto acima, em 1941. Abaixo, em 1952
A Matriz em duas décadas: na foto acima, em 1941. Abaixo, em 1952

CAPELA

A Diocese de Jundiaí foi criada em 7 de novembro de 1966, pelo papa Paulo VI e passou do status de Matriz para Catedral. O altar-mor foi feito de mármore europeu onde ficam as imagens barrocas da Sagrada Família.

Estão sepultados na Catedral os bispos dom Gabriel Paulino Bueno Couto, dom Roberto Pinarello Almeida e dom Amaury Castanho.

Independentemente da religião de cada um, a nossa Catedral sempre acolheu os seus filhos amantes da terra querida e foi e será sempre o marco do início de uma história de fé, trabalho e amor.

2012: a Catedral Nossa Senhora do Desterro (foto Mário Sérgio)
2012: a Catedral Nossa Senhora do Desterro (foto Mário Sérgio)

VEJA TAMBÉM:

KIKO DE MATHEO, O PIONEIRO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

O CENTENÁRIO DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

O ITALIANO QUE INVENTOU O SABOR DE JUNDIAÍ, A TURBAÍNA

ARGOS DO TRABALHO DURO, SUCESSO, RESPEITO AOS FUNCIONÁRIOS E FALÊNCIA

DOM GABRIEL, QUASE BEATO, FOI O PRIMEIRO BISPO DE JUNDIAÍ

A PONTE TORTA, QUE FOI DOS BONDES, É VÍTIMA DOS POMBOS E VÂNDALOS

QUEM FALTA FAZ O EX-PREFEITO E PROFESSOR PEDRO FÁVARO

DOCE LEMBRANÇA DE UM PRIMEIRO DE ABRIL COM MEUS AVÓS

EM 1975 COMEÇAVA A CONSTRUÇÃO DA AVENIDA NOVE DE JULHO

 

 

 

 

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments