Eleições de antigamente: lembra das CÉDULAS e das urnas???

Vamos dar uma pausa nas histórias dos deputados que Jundiaí elegeu. Neste domingo vamos focar nas eleições em si. E, jovens, podem acreditar: votar era algo bem diferente de hoje em dia. As ruas ficavam literalmente cobertas de santinhos. Não existiam as urnas eletrônicas. O eleitor escolhia os candidatos numa cédula. Votava-se em governador, senador, prefeito, deputados e vereador numa tacada só. E depois, as cédulas eram depositados em urnas. Em Jundiaí, após o pleito, as urnas eram levadas para o Bolão, onde ocorria a apuração. Os escrutinadores (foto ao lado) eram os responsáveis pela contagem dos votos, algo que levava dias. Então vamos relembrar um pouco dos materiais usados nas eleições, os modelos de cédulas:

VEJA TAMBÉM:

VÍDEO: RELEMBRE RANDAL JULIANO GARCIA

O BARÃO DE JUNDIAÍ QUERIA ESTRADAS

A HISTÓRIA DE ELOY DE MIRANDA CHAVES