15, dezembro , 2018
Home Jundiaí e Região CIRCOLO ITALIANO briga com Floresta na Justiça e perde a sede

CIRCOLO ITALIANO briga com Floresta na Justiça e perde a sede

Quem diria: o Circolo Italiano di Jundiaí, entidade querida da cidade e que vinha primando por oferecer atividades sócios-culturais destinados à comunidades nos diferentes segmentos, italianos ou não, incluindo o ensino do idioma, está vivendo um dos piores momentos desde sua criação há 26 anos. E sucumbindo por conta da crise instalada no Clube Floresta, localizado na vila Rami, para onde o Circulo se transferiu, em forma de comodato há alguns anos. De tão grave, a disputa entre as partes foi parar no Judiciário. Triste.

Sem sede – Na prática quer dizer o seguinte: o Circolo Italiano está sem sua sede, não tem onde receber associados, frequentadores, simpatizantes, espaço para reuniões de diretores e pelo que se sabe, sua diretoria poderá ser responsabilizada pelos prejuízos. Consta que o Circolo teria deixado de pagar encargos fiscais como IPTU incidentes sobre o imóvel e da própria entidade, bem como trabalhistas, fatos que teriam ensejado reclamações judiciais, incluindo trabalhistas com montantes considerados elevados.

Floresta x Circolo: Judiciário – Argumenta a Associação Atlética Floresta que para pagar as contas altas, que seriam de responsabilidade do Circolo Italiano, precisou vender a sede, na rua Bom Jesus de Pirapora 2832, decretando o fim do clube que em fevereiro passado completou 60 anos de fundação e de boas histórias pra cidade. As disputas acabaram no Judiciário: Civil e Trabalhista. Na esfera estadual, as partes discutem valores desproporcionais à venda do imóvel, bem como honorários advocatícios que estariam elevados em face das demandas.

Intervenção judicial – Para buscar uma solução viável em relação às disputas que são sérias e graves,envolvendo várias partes, a Associação Floresta houve por bem requerer, em Juízo, a nomeação de Administrador Provisório a fim de saber melhor sobre as dívidas,vendas de imóveis,receitas e afins. A ação do Clube Floresta foi  distribuída à 4ª. Vara Cível, cujo juiz Marcelo Estevam Fernandes, acolheu o pedido designando o advogado Dirceu Francisco Cardoso(foto ao lado) como interventor do caso.

Ele assumiu as funções no início de setembro, com a certeza de que há muito por fazer e resolver. Sobretudo no quesito prestação de contas, tanto para a diretoria do Floresta quanto para o Circolo Italiano, que por sua vez, pede socorro para se manter como instituição prestigiada na cidade. Do mesmo modo que o Floresta, com toda sua tradição. A história vai dar muito que falar.

 

LEIA TAMBÉM

DE GRAÇA: QUEM QUER ASSISTIR VENOM?

Milton Leite na Faccamp – O jornalista e locutor esportivo Milton Leite, da Sportv, é atração da Semana de Cursos da Unifaccamp na terça-feira(25), a partir das 19 horas. Nascido em São Paulo, mas vivendo grande parte de sua carreira em Jundiaí, Milton retorna à região para um evento público pela primeira vez após ter sido o narrador principal da emissora durante a Copa da Rússia.

O locutor vai conversar com os alunos da Instituição sobre a profissão, os desafios das grandes coberturas esportivas e sobre a situação do futebol e do esporte em geral no País. A Semana de Cursos Unifaccamp reúne nomes de destaques no mercado dos vários cursos ofertados pela Instituição durante dois dias (24 e 25 de setembro), das 19 às 22 horas.




Italianos unidos – Filippo La Rosa, 51 anos, casado, duas filhas, formado em Direito pela Universidade de Roma La Sapienza é o novo Cônsul Geral da Itália em São Paulo e esteve em Jundiaí para encontro reservado com representantes da comunidade italiana daqui, Itatiba, Sorocaba, Campinas, Bragança Paulista, Indaiatuba, Salto, Itu e Jarinu. Na pauta, confraternização, boas vindas, intercâmbio e fortalecimento dos negócios envolvem os italianos na região, considerada uma das maiores e mais importantes do país. Na foto ao lado, tirada no Vesúvio, Filippo La Rosa, entre Leandro Nalini, Rita Guarino e Mateus de Souza.

Cônsul, Missão Importante – Vale destacar que Filippo La Rosa vem a Jundiaí como porta-voz da Itália, na condição de um diplomata daquele importante país com o qual o Brasil mantém as melhores relações sócio-econômicas. Jundiaí recebeu imigrantes italianos no final do século 19 e início do século 20. E eles, assim como imigrantes de outros países, foram os responsáveis pelo desenvolvimento da cidade. Experiente em Relações Internacionais, La Rosa assumiu em agosto o Consulado Geral da Itália em São Paulo depois de passar cinco anos  junto à Embaixada em Brasilia, chefiando missões importantes, incluindo as atividades da rede diplomático-consular.

Imprensa e comunicação – O novo Cônsul-Geral da Itália transitou com facilidade no Palácio do Planalto em Brasília, sobretudo porque representando a Embaixada da Itália, atuou nas áreas sócio-econômicas, culturais e de segurança durante a Copa de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016. Na bagagem experiência importante no Ministério das Relações Exteriores em Roma, onde, entre outras coisas, foi coordenador do Serviço de Imprensa e Comunicação Institucional do Ministério no contato com a mídia de todo o mundo, sobre temas Euro-Atlânticos e Asiáticos.

Relações e homenagens – Filippo La Rosa vem a Jundiaí para estreitar ainda mais as relações do Consulado com a região e num momento de incertezas políticas face as eleições de outubro, que mexem e promovem reboliços na economia de toda a região. Sobretudo nas exportações, importações e empregos. A diplomacia dos mais diferentes países do mundo está de olho nas eleições do Brasil e com a Itália não é diferente. Depois da pauta de negócios, Filippo La Rosa será especialmente saudado e homenageado pelos demais visitantes.Na ala “vip” da Pizzaria Vesúvio. Anfitrionando, Leandro Nalini, conselheiro do COMITES – Conselheiro dos Italianos Residentes no Exterior, empresário Antonio Cordone, vice-cônsul da Itália em Jundiaí.




Na OAB Jundiaí – Vice-presidente da 33ª. Subseção da OAB em Jundiaí, Daniela Magalhães (na foto ao lado da advogada-empresária Nanci Romanatto Zambotto), foi indicada pelo presidente Airton Sebastião Bressan, pra disputar as eleições que acontecem em novembro e sucedê-lo à frente da entidade assim que 2019 chegar. Filha do prestigiado advogado Gil Alves Magalhães Neto e casada com o empresário-vereador Cristiano Lopes, Daniela avisa que sabe dos desafios que terá pela frente, razão porque pretende compor a chapa e futura diretoria pra agregar e fortalecer ainda mais a classe, em todos os sentidos. Desde logo, boa sorte.

 

 

Clube 28 em festa – Setembro é mês de festa para o Clube 28 de Setembro que neste 2018 está completando 70 anos. A diretoria executiva  comandada pela empresária Edna Aparecida Oliveira Santos, segue recebendo cumprimentos pela entidade pela importante história e patrimônio sócio-cultural que representa para a cidade. Afinal é o clube mais antigo do Estado e o terceiro do Brasil, instituído pela comunidade negra em 1895. Parabéns!

 

 

Livro – Advogado e professor, Marcel Potenza comemora o sucesso do seu livro “Responsabilidade Civil nos Contratos Eletrônicos de Consumo” , recém-lançado pela  Editora Rumo Legal. E, sempre antenado com as inovações dos tempos modernos, já prepara estudos sobre o Marco Legal da Proteção de Dados Pessoais, cuja Lei 13.709/2018 sancionada pelo presidente Michel Temer, entra oficialmente em vigor em 15 de fevereiro de 2020, com importantes impactos nas relações de trabalho, demandas de empresas e vida das pessoas.

 

GAC prepara festa de 99 anos – O coronel Carlos Henrique Silva Martins comandante do 12º Grupo de Artilharia de Campanha supervisiona os preparativos dos eventos que vão comemorar os 99 anos da tradicional unidade militar em outubro próximo. Começa no dia 10 com apresentação da Banda Sinfônica do Exército no Polytheama, às 19 horas.

Com programa especialmente preparado pelo maestro Tem Gilson e entrada gratuita ao público em geral. No dia 18, solenidade alusiva ao aniversário do Grupo, às 10 horas no pátio “Duque de Caxias” no GAC; dia 20, jantar festivo por adesão no Espaço “M” e dia 21, Corrida Barão de Jundiay com saída do próprio quartel. As atividades são realizadas com apoio da Associação dos Amigos do Grupo Barão de Jundiay, rumo aos 100 anos da tradicional unidade militar, em outubro de 2019.




 

APAE COMPLETA 61 ANOS

Primeira APAE oficialmente fundada no Estado de São Paulo e terceira do Brasil, a APAE de Jundiaí está completando  61 anos de fundação e mais do que isto: de relevantes serviços prestados à comunidade. Tal e qual desejavam os seus fundadores, casal de beneméritos professora Ignes e Guilherme Enfeldt. Verdade que não foi nada fácil ultrapassar seis décadas de atividades sócio-educacionais-assistenciais de tantas mudanças e transformações havidas na cidade, região, famílias e diferentes segmentos.

A diretoria da APAE tendo à frente Wagner Vieira Chachá e como diretora técnico-pedagógica Suely Angelotti, que rotarianos do Oeste-Jundiaí, contam com apoio de seus familiares, companheiros do clube de serviços, empresas e voluntários pra “tocar” a entidade.

Os números apontam que o trabalho é gigantesco. Em 2017 a entidade realizou nada menos que 75 mil procedimentos na área da saúde, com atendimento direcionado à prevenção e inclusão social, para crianças  e adolescentes com problemas de deficiência intelectual e autismo.

Acima, voluntários, apoiadores e diretores juntos, comemorando 61 anos da APAE e dando início à campanha “Setembro Verde” de inclusão social da pessoa com deficiência.

Wagner Vieira Chachá(ao lado), presidente da APAE  renova o convite para o jantar solidário da APAE dia 13 no Família Bruholi.

 

Em média, a APAE atende 1600 pessoas por mês para as quais prioriza a saúde, educação e assistência social com extensão às famílias. O que é possível graças à equipe formada por 90 colaboradores que atuam em diversas áreas, voluntários, parceiros e apoio de convênios com órgãos públicos,que, juntos e reconhecendo a importância do trabalho realizado, garantem 70% da manutenção da entidade. Os 30% restantes são obtidos com eventos  beneficentes junto à comunidade.Ou seja: há bons motivos para comemorar a data.

A celebração pelos 61 anos da APAE aconteceu sexta-feira pela manhã na sede da entidade com a presença da diretoria, voluntários, apoiadores e convidadosAlém de puxar o “parabéns” pela data, o presidente Wagner Chachá e equipe aproveitaram para dar início ao “Setembro Verde”.

A campanha “Setembro Verde” teve início em 2015, instituída pela Federação das APAES em parceria com a APAE de Valinhos. Tem como objetivo tornar o mês de setembro referência na luta pelos direitos e inclusão social da pessoa com deficiência. Ou seja: vale todo apoio a entidade.

E para comemorar os 61 da APAE, a diretoria prepara jantar festivo-solidário que acontecerá no próximo dia 13 (quinta-feira), no restaurante Família Brunholi (bairro do Caxambu), com cardápio caprichado. Convites pelo telefone: 4588-2900


Festa Portuguesa – A tradicional comunidade paroquial de vila Arens anuncia para o próximo dia 27, o lançamento da Festa Portuguesa (foto ao lado) que chega à 28ª edição e acontecerá entre os dias 7 a 28 de outubro ao redor da Igreja Nossa Senhora da Conceição. Rafael Biondi Jorge e Antônio Carlos Rosalem, membros da Comissão Organizadora da festa, avisam que bacalhoada, macarrão bavette, o tradicional bolinho, escondidinho e lasanha de bacalhau estarão no cardápio.

 

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments