20, abril , 2019
Home Jundiaí e Região Viciados “com fome” trocam COMIDA por drogas

Viciados “com fome” trocam COMIDA por drogas

COMIDA

Você já deixou de doar dinheiro a um pedinte com o receio de que o valor fosse usado para comprar drogas ou bebidas? Por outro lado, já doou comida, sentindo que ajudou a matar a fome dos mais necessitados? Saiba que, pelo menos em Jundiaí, o alimento virou maneira de manter o vício de alguns desocupados.

A expertise (experiência, especialização) daqueles que passam o dia pensando em como conseguir a próxima dose levou a um esquema simples, mas rentável – pelo menos àqueles que vinham encontrando dificuldade em ganhar dinheiro em espécie esmolando em semáforos ou em frente de comércios.

Com ele, 10 pedras de crack – pouco mais ou pouco menos – podem ser conseguidas sem muito esforço em um prazo de poucas horas. Além disso, o doador vai embora com a sensação de que contribuiu para encher um pouco a barriga daquele que, pelas circunstâncias, deve passar fome.

O esquema foi comprovado pela reportagem. Nele, o pedinte alega não querer dinheiro, mas sim um lanche. No entanto, ao receber o alimento, este é vendido a funcionários de comércios próximos ou em um bairro de classe baixa da cidade.

Clientes do McDonald’s da avenida Luiz Latorre são os principais alvos dos viciados em drogas, que recebem os lanches e correm para vendê-los no Jardim Fepasa ou a funcionários de outros estabelecimentos nas redondezas.

No bairro, o preço é único, R$ 5, e são oferecidos a moradores e mesmo para integrantes de pontos de tráfico, segundo confidenciou um residente local que pediu para não ser identificado.

“Muita gente no bairro já se acostumou a comprar os lanches do McDonald’s. Os nóias (viciados) passam na rua oferecendo por R$ 5 e sempre tem alguém que compra, principalmente os meninos da ‘biqueira’”, disse.

O morador contou que os viciados não abrem as embalagens e correm para vender o lanche ainda quentinho. Com o dinheiro, adquirem entorpecentes, consomem no bairro e voltam ao McDonalds para fazer tudo de novo.

Informado pela reportagem sobre o esquema para conseguir drogas, um cliente do famoso restaurante especializado em fast-food se disse impressionado com a inventividade desses desocupados. “Eu não dou dinheiro, mas já dei lanches. Várias vezes. Nunca imaginei que eles (viciados) fossem trocar por drogas. É impressionante como bolam essas maracutaias”, desabafou.

Já um funcionário da unidade da Luiz Latorre, que também não será identificado, informou que o restaurante tem seguranças para evitar a abordagem aos clientes. Contudo, salientou que os pedintes ficam na calçada, fora do estabelecimento, fato que, legalmente, inviabiliza a expulsão de tais pessoas.

Ele também comentou que a própria Guarda Municipal nada pode fazer neste sentido e que, por diversas vezes, os próprios clientes, sensibilizados com os pedintes, reclamam da atuação dos seguranças, preferindo doar os alimentos.(Geraldo Dias Netto/Foto www.portaldarmc.com.br)

VEJA TAMBÉM:

QUER BOLSA DE ESTUDO? CLIQUE AQUI

CITROEN C4 CACTUS É O DESTAQUE DO TEST DRIVE

NÃO DEIXE DE ACESSAR O FACE DO JA

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.