Crianças em férias exigem cuidado CONSTANTE

CONSTANTES

Julho chegou! E no período de férias escolares a criançada quer mais é se divertir. A presença por mais tempo das crianças em casa significa necessidade e cuidados constantes dos pais para que as férias escolares não virem um pesadelo.

Entre os ambientes com altos índices de acidentes, a cozinha é campeã. Segundo a pediatra do Hospital Universitário(HU) de Jundiaí , Rosa Estela Gazeta, o fogão, botijão de gás, tomadas, baldes, talheres e objetos cortantes são elementos de alto risco.

Embora a faixa etária mais comum dos acidentes domésticos seja a pré-escolar, os pais também devem ficar atentos aos pré-adolescentes e adolescentes. Nessa fase as brincadeiras costumam ser radicais como: bicicletas e skate. “É preciso sempre utilizar os acessórios de segurança para evitar os traumas. Para os amantes de pipa, a soltura requer muito cuidado e atenção dos pais, pois nessa época de férias aumentam muito os acidentes envolvendo quedas”, ressalta Estela.

As famílias que irão viajar devem se atentar as vacinas específicas, pois a carteira de vacinação deve ser atualizada antes do início das férias. É importante lembrar que para atingir a proteção necessária, cada vacina tem um período que pode variar entre dez dias e seis semanas. Por isso, é importante que a carteira de vacinação seja verificada com antecedência. “Nunca saia de casa sem o cinto de segurança e a cadeira adequada para a idade de seu filho. A mortalidade de crianças em acidentes de carros é muito elevada e isso sobe muito nas férias”, afirma a pediatra.

Se a viagem for para praia, é importante dar atenção ao uso protetor solar e redobre a atenção enquanto os pequenos brincam dentro e fora do mar. Para região de serra e interior, é preciso ficar atento com os mosquitos, devido ao surto de dengue. Use sempre repelente!

Mostrar para as crianças e adolescentes o perigo das coisas é um bom caminho para evitar acidentes. “Os pais devem explicar, mostrar que as coisas podem acontecer e que o correto é sempre conversar”, reforça Rosa Estela.

A alimentação também deve ter uma atenção especial. Guarde frutas picadas em potes ao alcance dos pequenos e ofereça para a criançada entre as refeições, em substituição aos biscoitos. Pipoca, cookies e rosquinhas integrais são boas opções para substituir os salgadinhos. Eles têm fibras, importantes para o bom funcionamento do intestino. Uma boa pedida para entreter os pequenos, é trazê-lo para a cozinha, além de divertido, pode ser o momento ideal para ensiná-lo a alimentar-se de uma forma mais saudável.

Para animar as férias, abuse das brincadeiras antigas como jogos de tabuleiros, amarelinha, atividades ao ar livre e não esqueça as leituras, cinemas, exposições e coloque limites no uso do computador e do videogame.

Caso a criança fique aos cuidados de outros responsáveis é sempre bom deixar os documentos sempre à vista. Com um pouco mais de atenção e cuidado, pais e filhos vão poder curtir as férias de forma tranquila, alegre e saudável, sem contratempos.(Foto: www.realmaternidade.com.br)

VEJA VÍDEOS

CORRETOR CAMPOS SALLES TEM DICA PARA QUEM QUER SAIR DO ALUGUEL

ESTRIAS E VARIZES. GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD FALA SOBRE A BELEZA DAS GRÁVIDAS

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA, 102 ANOS

FOTÓGRAFO MÁRIO SÉRGIO ESTEVES APRENDEU LINGUAGEM DA PUBLICIDADE NO ROSA

UM TERÇO DA VIDA DE DANIEL FOI NO ROSA

“O ROSA FOI A BASE PARA MINHA PROFISSÃO”, AFIRMA RENAN

PROJETO INTEGRADOR AJUDA AMANI NA FACULDADE

KAUÊ FEZ PUBLICIDADE NO ROSA E AGORA TRABALHA NA NESCAU

UMA FAMÍLIA QUE COMEÇOU E CONTINUA LIGADA À ESCOLA LUIZ ROSA

JÚLIA, DO CURSO DE PUBLICIDADE PARA O MACKENZIE

CONJUNTO DE CIRCUNSTÂNCIAS RESULTAM EM INOVAÇÕES NA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

TEATRO ESTUDANTIL ROSA, O INÍCIO DA CARREIRA DO ATOR CARLOS MARIANO

CONHEÇA A HISTÓRIA DA ESCOLA MAIS TRADICIONAL E – AO MESMO TEMPO – MAIS INOVADORA DE JUNDIAÍ!

JOSÉ MAURO LORENCINI FOI ALUNO, PROFESSOR E PRESTADOR DE SERVIÇO

FERNANDO COSTA E SILVA, O EX-PROFESSOR QUE APRENDEU A SUPERAR LIMITES