21, novembro , 2018
Home Jundiaí de Antigamente DALMO não foi a nenhuma Copa. Mas deu o mundo ao Santos...

DALMO não foi a nenhuma Copa. Mas deu o mundo ao Santos F.C.

jundiai de antigamente (1)O lateral esquerdo Dalmo Gaspar foi o autor do gol da vitória por 1 a 0 do Santos sobre o Milan, no dia 16 de novembro de 1963, no Maracanã. Seria mais uma simples partida de futebol se não estivesse valendo o título mundial. E Dalmo deu o mundo para o time de vila Belmiro, o Peixe. O cobrador oficial seria Pepe. Inspirado e confiante, Dalmo Gaspar – que jogou no Paulista no início da década de 50 – pediu a bola e fez a cobrança. Gol.

dalmo 1

O texto de Émerson Gáspari explica como tudo aconteceu: “Na hora da cobrança do penal que Almir ‘cavou’ aos 31 minutos, Dalmo ‘refugou’ a primeira cobrança, reclamando com o juiz de que o goleiro Balzarini havia se adiantado. E depois, com toda a habitual calma do mundo, cobrou de direita no canto esquerdo do arqueiro que adivinhou o canto, mas não pegou! A maior ‘paradinha’ de todas as que ele executou na vida e o maior gol da gloriosa história do Santos, sem dúvida!”

Por muitos anos, Dalmo e Pelé protagonizaram uma deliciosa polêmica. O lateral dizia que ele tinha inventado a paradinha na cobrança de pênaltis. A sabedoria popular, por outro lado, diz que o artifício é obra do rei do futebol. Dalmo Gaspar nasceu e morreu em Jundiaí, com 83 anos. Um ano antes de falecer, em 2014, ele foi homenageado pela Prefeitura de Jundiaí (vídeo acima – reportagem Amanda Leal/TVE).


Pela pesquisa feita pelo Jundiaí Agora, Dalmo Gaspar – apesar do talento – não jogou pela seleção brasileira. Portanto, Dalmo não participou de nenhuma Copa do Mundo. Eram outros tempos: havia tantos craques que os treinadores tinham dificuldade para fechar um grupo. 


MAIS FUTEBOL NO JUNDIAÍ DE ANTIGAMENTE

O PRIMEIRO NEGRO A JOGAR NUM CLUBE FOI JUNDIAIENSE

BOLA DE MEIA, CAMPO DE TERRA. E ASSIM NASCIAM OS CRAQUES

VEJA TAMBÉM:

É HORA DE PULAR AS FOGUEIRAS DAS FESTAS JUNINAS DO PASSADO

NO GORDON’S TINHA LANCHE DEPOIS DA BALADA E MUITO NAMORO

VOCÊ SE LEMBRA DO TEMPO EM QUE OS POSTOS TINHAM COMBUSTÍVEIS???

UMA VIAGEM DE AVIÃO AO PASSADO DA CIDADE

O PRATO DO DIA: SAUDADE DOS ANTIGOS RESTAURANTES

HÁ 143 ANOS, JORNAL NOTICIAVA FUGA DE ESCRAVO DE JUNDIAHY

DOMINGOS ANASTASIO, MÉDICO, MITO E SANTO

MILTON DOMINGOS, O COMENDADOR QUE ERA O CARLITOS DE JUNDIAÍ

UMA VIAGEM NO TEMPO, DE ÔNIBUS, POR UMA JUNDIAÍ QUE NÃO EXISTE MAIS

SUSTO, O SHERLOCK HOLMES DA PRAÇA PEDRO DE TOLEDO

AS NOITES DE JUNDIAÍ NOS ANOS 80, PELOS BARES DA VIDA

O CARRO NÚMERO UM DE JUNDIAÍ

ZÉ CARIOCA ERA JUNDIAIENSE DA ‘GEMA’

O VALE DOS GARIBAS E O AMOR DE HÉLIO LUNARDI PELOS ANIMAIS

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments