Jundiaí: Duas mortes suspeitas por coronavírus; corte de água é suspenso

DUAS MORTES

A Prefeitura de Jundiaí acaba de divulgar informe epidemiológico do coronavírus. Nele aparecem duas mortes suspeitas. O gestor de saúde do município, Tiago Texeira informou, no início desta noite, que uma das vítimas é um homem de 38 anos. A outra é uma mulher de 78 anos. A causa da morte é Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Até agora, a cidade conta com 120 notificações com três casos confirmados e 16 negativados. Existem ainda 101 casos suspeitos(aguardando resultado dos exames do Instituto Adolfo Lutz).

Oitenta e cinco pessoas estão em quarentena social e 14 permanecem internadas.

Água – O prefeito de Jundiaí Luiz Fernando Machado, coordenador geral do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC), suspendeu o corte no fornecimento de água para as pessoas em situação de falta de pagamento. A medida é válida até o dia 30 de junho. A suspensão abrange as unidades consumidoras residenciais e os serviços essenciais, assim enquadrados pela Prefeitura Municipal nos decretos relativos à pandemia.

Para que não haja colapso no sistema de abastecimento de água e esgoto do município, a DAE Jundiaí solicita aos clientes que possuam condições que mantenham seus pagamentos em dia. Após esse período, a DAE Jundiaí irá oferecer possibilidades de negociações para quitar os débitos pendentes.

Além da suspensão do corte, outras medidas foram desenvolvidas, como: suspensão do serviço de recadastramento; junção das equipes de obras e manutenção, sob um único comando, para garantir o abastecimento de água, coleta e afastamento de esgoto; elaboração de planos de contingência para atendimento a hospitais e unidades de saúde.

Limpeza – A Prefeitura iniciou na noite desta terça-feira (24) mais uma ação preventiva de combate ao coronavírus, que inclui a desinfecção dos terminais de ônibus. Na manhã desta quarta (25), a higienização aconteceu nas calçadas do entorno do Hospital São Vicente de Paulo, Praça das Rosas (em frente ao Pronto-Atendimento Central), Hospital Regional e Velório Adamastor Fernandes.

Foram limpos o interior e o entorno dos terminais Central, Vila Arens, Colônia e Hortolândia, além da Rodoviária. Os outros terminais de Jundiaí – CECAP, Eloy Chaves e Vila Rami – também serão desinfetados. O trabalho será feito continuamente pelas equipes das empresas Agro Ambiental e Clarice Paisagismo, terceirizadas da Prefeitura.

Calamidade Pública – Ontem(24), o prefeito Luiz Fernando Machado decretou Estado de Calamidade Pública. Com isto, a Prefeitura poderá suspender prazos administrativos e legais, além de permitir ao município o manejo do orçamento de forma diferente daquela aprovada na Lei Orçamentária, em razão do Estado de Emergência.

Também foram tomadas as seguintes medidas econômicas:

• Todos os prazos de validade das licenças de funcionamento (alvarás) emitidas pela municipalidade, que venceram a partir de 1º de março, serão prorrogadas até 31 de julho de 2020;
• A data de vencimento dos seguintes tributos será prorrogada por 90 dias: são eles ISS (Imposto sobre Serviços) Semestral; taxa de alvará de funcionamento; taxa da Vigilância Sanitária (VISA); taxa de publicidade e taxa de feiras livres (taxa de feirantes).
• Ficam suspensos os prazos de cobranças administrativas dos débitos em dívida ativa, os protestos e as execuções fiscais em andamento – com exceção dos processos com prescrição nesse período

VEJA TAMBÉM

SAIBA O QUE PODE CAUSA CANDIDÍASE NESTE VERÃO. CLIQUE AQUI E ASSISTA AO VÍDEO

NA FISK DA VILA VIRGÍNIA, NA RUA DO RETIRO, PARCERIA ESPECIAL COM A CDL

VEJA COMO FOI A 103ª FORMATURA DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI