20, novembro , 2018
Home Opinião A escola DOM JOAQUIM do Residencial Almerinda Chaves

A escola DOM JOAQUIM do Residencial Almerinda Chaves

Por feliz iniciativa do Secretário de Estado de Educação, Dr. José Renato Nalini, a Escola Estadual do Parque Residencial Almerinda Chaves, desde o final de dezembro do ano passado, passou a denominar-se “Dom Joaquim Justino Carreira” (foto acima). A Escola não possuía um nome próprio, mas somente o do bairro onde se localiza.

A denominação de um estabelecimento de ensino, ao possuir um patrono, carrega a proposta de que seja ele referência na formação educacional. Para issoé necessário que se conheça o perfil do homenageado e o que motivou sua história.

Deus foi a grande razão da história de Dom Joaquim (Bispo Católico Apostólico Romano – 1950 – 2013) e, para servi-Lo, dedicava-se à coerência, ao acolhimento, aos estudos, ao anúncio e à vivência do “caminho de luz”, com o propósito de que as pessoas encontrassem a verdadeira felicidade. E o que seria o caminho de luz? Aquele que carrega os valores da humildade, do discernimento, do bom senso, da perseverança, do caráter, da espiritualidade, da responsabilidade sobre as ações pessoais, da renúncia a qualquer vantagem que não seja por meios honestos e que faz da vida um generoso serviço ao semelhante. É o caminho da união fraterna, enquanto o oposto como da soberba, do aproveitar-se dos demais, da inveja, da difamação, da fofoca, da crueldade, da vingança, da preguiça, da vadiagem – caminho das trevas – leva à solidão.

LEIA TAMBÉM:

DEIXANDO O PELOURINHO

PORÕES DA EMOÇÃO

DIREITOS DO NASCITURO

BARBÁRIE EM FASE

DIOCESE: 50 ANOS

REPENSANDO

Enfatizava que a pessoa deveria preocupar-se com suas mudanças pessoais e não em querer mudar os outros, pois o testemunho, sim, pode influir positivamente no próximo. Insistia que: “Fortaleza é ficar firme diante dos acontecimentos, principalmente das dificuldades, tendo consciência de que não estamos sozinhos no caminho da vida”.

Em meio aos trabalhos de Dom Joaquim, no compromisso em curar os feridos, reanimar os abatidos e trazer de volta os que estão no erro, atuou junto: aos encarcerados nos presídios das cidades pelas quais passou, através da Pastoral Carcerária; às mulheres excluídas na Associação Maria de Magdala e aos moradores de rua no SOS e na Casa Santa Marta. Deixava claro que a caridade mata o mal, constrói a paz e liga o ser humano a Deus.

Que essa escola, tão bem dirigida pela Professora Marisa Pires Vicentim e equipe, possa permanecer como sinal forte de que a verdadeira sabedoria e a benevolência podem salvar a sociedade. (foto Associação Maria de Magdala)

CRIS CASTILHO VALE ESTAMARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE

Com formação em Letras, professora, escreve crônicas, há 40 anos, em diversos meios de comunicação de Jundiaí e, também, em Portugal. Atua junto a populações em situação de vulnerabilidade social.

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments