Ensino Médio: Rosa está preparado há décadas para mudanças do MEC

escola Jundiaí

As mudanças propostas pelo Ministério da Educação(MEC) para o Ensino Médio, neste ano, não são novidades para a Escola Professor Luiz Rosa. As metodologias da escola sempre deram ênfase aos conhecimentos adquiridos, motivações, valores, recursos, atitudes e habilidades do estudante, tudo aquilo que o MEC está sendo preconizando agora para o Novo Ensino Médio.

Em muitas escolas, porém, as alterações se tornaram dor de cabeça para professores e gestores. Pela reforma do Ministério, o ensino médio deve ser organizado em módulos adotando o sistema de créditos além de contar com ampliação e flexibilização curricular. As abordagens pedagógicas devem ser mais práticas, interativas, inclusivas e diversificadas, coisa que o Rosa já faz desde o início dos anos 1980.

O que mais o MEC quer? Além das aprendizagens comuns e obrigatórias, os estudantes poderão se aprofundar naquilo que mais têm a ver com os interesses e talentos de cada um. Este modelo recebeu o nome de ‘itinerários formativos’ e está relacionado à Matemática, Linguagens, Ciências Humanas e Ciências da Natureza, assim como formação técnica e profissional.

O MEC também quer que professores e estudantes passem mais tempo desenvolvendo as aprendizagens necessárias. No Novo Ensino Médio, a carga horária de todas as escolas é ampliada de 2400 para 3000 horas. Além disso, o Governo Federal investirá até R$ 1,5 bilhão para atender cerca de 500 mil novas matrículas em escolas de tempo integral.

VEJA TAMBÉM

SANGRAMENTO APÓS O SEXO: GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD EXPLICA TUDO. VEJA VÍDEO.

AMIGO VALE OURO NA FISK DA RUA DO RETIRO. CONFIRMA ESTA PROMOÇÃO!!!

ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA, DE OLHO NO ESTUDO E NO MERCADO DE TRABALHO

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI