16, janeiro , 2019
Home Jundiaí e Região Escrevemos nossas HISTÓRIAS

Escrevemos nossas HISTÓRIAS

Contar histórias é o que mais a gente sabe fazer. Jornalista adora ouvir causos e já imaginar uma pauta (assunto que vai ser tratado no jornal/rádio/TV), uma reportagem, encontrar personagens… E quando o Marco Sapia me convidou para escrever um artigo aqui, aos sábado, para o Jundiaí Agora, não pensei duas vezes: vou falar do quê? De histórias!

Nos mais de 20 anos de profissão, este tipo de ‘produto’ é que o não falta. Tem para todos os gostos: triste, emocionante, alegre, engraçada, comovente… Meu objetivo principal é mostrar que nós mesmos escrevemos as próprias histórias.

Quando fazia reportagens policiais, caiu em meu colo a história de um homem que havia sido preso “por engano”, acusado de tráfico de drogas. Ele estava no antigo Cadeião do Anhangabaú(foto principal), aguardando julgamento. Gente de dentro da cadeia, mesmo, estava inconformada com a prisão, pois o homem tinha mais de 30 anos registrado na mesma empresa e nunca havia tido qualquer problema com a Justiça.

Como sempre fui apaixonado pelo jornalismo investigativo, lá vou eu esmiuçar esta história. Depois de ter atendido o pedido para entrar no Cadeião e poder conversar com o preso, me deparei com uma situação que mais parecia filme.

Imagine você acordar de manhã e resolver fazer um churrasco! Troca de roupa, passa a mão na chave do carro e segue até o supermercado mais próximo. Pega a carne que mais gosta, passa no caixa, paga e ao sair ouve em alto e bom tom: “Polícia! Mãos na cabeça!”.

VALÉRIA NANI: INFÂNCIA FELIZ

MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE: VIVÊNCIAS DE BUSCA

AFONSO MACHADO: EM MEIO AO MIMIMI É PRECISO BUSCAR O NOVO SEM SER IDIOTIZADO

Pois é…. foi exatamente isso que aconteceu com este homem. A acusação era de que ele estava traficando drogas e que havia sido preso em flagrante com grande quantidade de cocaína. Os policiais eram de São Paulo, de uma delegacia especializada neste tipo de crime. Algemado, jogado no porta-malas da viatura, ele não teve tempo sequer de avisar um conhecido ou alguém da família sobre o que havia acontecido. Tinha sido avisado pelos policiais que seguiria para São Paulo, onde o flagrante seria registrado.

Nem ele mesmo entendia por que aquilo estava acontecendo. Algo pior, no entanto, estava para marcar completamente a vida deste homem. No meio do caminho, a viatura parou.

Continua na próxima semana


EMERSON LEITE

Formado em Jornalismo pela UniFaccamp; Pós-graduado em Segurança Pública e Cidadania pela Faculdade Anhanguera; Atua na área desde 1995: passou por rádios, jornais impressos, site e desde 2010 trabalha como assessor de imprensa na área política.

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments