20, abril , 2019
Home Jundiaí e Região FEIJÃO não faz mais parte do cardápio da jornalista Rebeca
FEIJÃO

FEIJÃO não faz mais parte do cardápio da jornalista Rebeca

A jornalista Rebeca Ribeiro Mansfield se mudou para Londres em 2008. Foi para estudar e não voltou mais. Ela se casou com um inglês, teve filhos e mudou até alguns hábitos. Feijão, por exemplo, era uma das coisas que Rebeca mais gostava do Brasil. Hoje não cozinha mais o grão. A entrevista:

É jundiaiense?

Sim. Nasci na vila São Paulo, onde vivi até me mudar para a Inglaterra. Estudei no Colégio Divino Salvador e no Colégio Objetivo. Cursei Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo, e pós-graduação em Jornalismo Literário, em Campinas. Trabalhei em vários veículos de comunicação da cidade.

É casada? Tem filhos?

Sou casada com Sean Mansfield, que é inglês. Temos dois filhos também ingleses: Catherine e Anthony.

Ainda tem família na cidade? Quantas vezes vem visitá-los no ano?

Toda minha família ainda mora em Jundiaí. Visitamos o Brasil e cada dois anos.

O que mais sente falta daqui?

Da família e dos amigos.

E o que menos sente falta de Jundiaí?

Dos motoristas, especialmente quando dirigem em rotatórias (risos, risos)

Por que decidiu se mudar para a Inglaterra?

Para estudar e ter experiência no exterior

O que foi mais difícil na sua adaptação?

A língua e o clima. São dois fatores que precisam de tempo para se adaptar. Depois do sofrimento inicial, aprendi a viver com ambos, mas ainda me flagro reclamando dos invernos longos.

O que foi mais curioso?

Ter conhecido pessoas de tantos países diferentes

Qual seu olhar para o Brasil e Jundiaí hoje? Muda a forma como se pensa a terra natal quando se está muito tempo fora?

Sim, muda. Amo meu país e minha cidade natal, mas vejo o quanto aprendi e cresci com a experiência de morar em um outro lugar, com cultura e costumes tão diferentes. Nem cozinho mais feijão – e era a minha comida preferida.

Em algum momento pensou que não conseguiria se adaptar? Chegou a arrumar as malas e pensar em voltar?

Não.

Os brasileiros são levados a sério na Inglaterra?

Posso falar da minha experiência pessoal, que sempre foi positiva.

Em algum momento sentiu vergonha de ser brasileiro? E orgulho?

Sempre orgulho.

Faz comparações entre Jundiaí e seu atual endereço?

Muitas. Após o nascimento do meu segundo filho, mudamo-nos para o interior, e sempre digo que essa cidade é minha nova Jundiaí. O senso de comunidade, de encontrar as mesmas pessoas nos mesmos lugares, a imprensa regional, as dimensões geográficas, os artistas locais… tudo me lembra Jundiaí.

Aliás, chega a dizer que é de Jundiaí? 

Sim, para os brasileiros que conheço aqui. Diria que 90% deles sabem onde é Jundiaí ou já ouviram falar de Jundiaí.

O que mais gosta e o que menos gosta deste local? Por quê?

Gosto das pessoas, da comunidade, da minha igreja local. Ultimamente tenho me aborrecido com o trânsito excessivo e com o frio (mas a primavera está começando, então tenhamos fé).

Você acha que nós, brasileiros, conseguiremos um dia chegar ao nível do país onde vive atualmente? 

Pergunta complexa. Há dois fatores primordiais que precisam ser levados em consideração. O primeiro, é a cultura de um povo. O segundo, como esse povo escolhe seus representantes no governo e exige deles honestidade, ética, trabalho em prol do País. Há diferenças discrepantes entre a postura inglesa e a postura brasileira diante de ambos fatores, tanto para o bem quanto para o mal. Mesmo que ambos países tenham – ou cheguem, um  dia – a um bom nível de vida, o modo como o qual esse “bom nível de vida” se manifestará em ambos países será completamente diferente entre si.

LEIA A SÉRIE COMPLETA ‘JUNDIAIENSE PELO MUNDO’ CLICANDO AQUI

NÃO DEIXE DE ACESSAR O FACE DO JA. AGORA!!!

– O que faz aí?

Atividade número um: cuido da família. Também faço trabalhos voluntários na igreja local e tento manter a mente ativa ao escrever em casa, nas horas vagas.

Já encontrou outros brasileiros(jundiaienses?) por aí?

Conheci uma jundiaiense. Todos os demais amigos brasileiros são de outras partes do país.

Pretende voltar? Se sim, para Jundiaí?

Não sabemos ainda.

O que Londres poderia ‘importar’ de Jundiaí?

Gostaria que meu atual endereço “importasse” algo de Jundiaí, e na lista eu incluiria muitos de meus amigos e familiares. Também importaria pamonha, coxinha de queijo e a uva da minha cidade.

 

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.