As festas juninas podem até não ser como as de antigamente. Mas continuam ocorrendo pelos bairros da cidade. Os balões estão proibidos, assim como os fogos de artifício. Mas os jundiaienses de hoje seguem pulando as fogueiras assim como os do passado. Vamos conferir???

A foto principal, acima, é de uma festa junina na Escola Cecília Rollemberg Porto Guelli, na vila Rio Branco, em 1970. A seleção brasileira com Pelé, Gérson, Tostão, Jairzinho e Rivelinno iria conquistar o título mundial no México. Quem sabe aconteça o mesmo este ano na Rússia, né? Foto do aquivo de Lilian Lamas.

Mais uma festa de escola: Conde do Parnaíba, 1971.

Festa junina de 1939, na então capela da Ponte São João. Hoje, a capela é paróquia e está bem diferente. A igreja fica bem no início da rua Carlos Gomes. A foto é do acervo de Maria Inês Chacra.

Festa junina no Clube Jaú nos anos 1960. No centro está o prefeito Omair Zomignani. À direita dele, o deputado Coutinho. Na foto também estão o vereador Nelson Chacra e o presidente do clube, Fioravante Lunardi. Foto José Macan.

Festa Junina na Escola Pedro de Oliveira. Ao que tudo indica, início dos anos 70. Arquivo: Conceição Canale.

Uma foto rara. Geralmente os fotógrafos não gostam de ser fotografados. Aí está o registro de João Jaczur, um dos fotógrafos mais importantes de Jundiaí, numa festa junina no Caxambu. Na ordem: Isabel Sofiati, Olga Janczur, Mafalda Ponzetto e Janczur. Arquivo: Gilberto Ponzetto.

MAIS JUNDIAÍ DE ANTIGAMENTE

NO GORDON’S TINHA LANCHE DEPOIS DA BALADA E MUITO NAMORO

VOCÊ SE LEMBRA DO TEMPO EM QUE OS POSTOS TINHAM COMBUSTÍVEIS???

UMA VIAGEM DE AVIÃO AO PASSADO DA CIDADE

HÁ 143 ANOS, JORNAL NOTICIAVA FUGA DE ESCRAVO DE JUNDIAHY

DOMINGOS ANASTASIO, MÉDICO ITALIANO QUE VIROU MITO E ‘SANTO’ EM JUNDIAÍ

MILTON DOMINGOS, O COMENDADOR QUE ERA O CARLITOS DE JUNDIAÍ

UMA VIAGEM NO TEMPO, DE ÔNIBUS, POR UMA JUNDIAÍ QUE NÃO EXISTE MAIS

SUSTO, O SHERLOCK HOLMES DA PRAÇA PEDRO DE TOLEDO

AS NOITES DE JUNDIAÍ NOS ANOS 80, PELOS BARES DA VIDA

O CARRO NÚMERO UM DE JUNDIAÍ

ZÉ CARIOCA ERA JUNDIAIENSE DA ‘GEMA’

O VALE DOS GARIBAS E O AMOR DE HÉLIO LUNARDI PELOS ANIMAIS

HISTORIADOR DIZ QUE SOLAR EXISTIA ANTES DE 1862

EM VÍDEO, UMA HOMENAGEM AOS IMIGRANTES ITALIANOS

BOLÃO, AOS 64 ANOS, CONTINUA SENDO UM CARTÃO POSTAL DE JUNDIAÍ

A PAULICÉA VIVE NO IMAGINÁRIO DOS JUNDIAIENSES COM MAIS DE 40 ANOS