GRANDE CIRCULAR: A linha de ônibus que marcou a vida de muita gente

GRANDE CIRCULAR

A linha Grande Circular ganhou fama e simpatia dos usuários por atender as áreas mais antigas da cidade, bairros clássicos, de forma que era comum encontrar conhecidos nos ônibus, pessoas de todas as idades, além de adolescentes que gostavam de passear, já que as duas linhas, embora possuíssem ponto final na estação ferroviária, o passageiro permanecia no ônibus aguardando o horário de saída, mesmo que fosse horário de almoço ou jantar do motorista. Havia quem desse duas, três, quatro voltas ou mais. Claro, dependia do cobrador observar… havia cobradores que cobravam nova passagem ao constatar que o passageiro estava na segunda ou terceira volta, só passeando e ocupando lugar de quem precisava da condução para trabalho e não passeio. Mas havia os que deixavam, não ligavam, principalmente se fosse final de semana.

O itinerário Grande Circular Vila Argos partia da estação e já saía pela rua XV de Novembro, passando ao lado da Argos. Dali seguia para o centro, Vila Municipal, Sesão, retornava ao centro passando pelo velório, Largo São Bento, Praça da Bandeira e dali seguindo para o Vianelo, Vila Progresso e Vila Arens, dali parando novamente na estação. O outro itinerário, inverso, por sair da estação e já entrar na Vila Progresso, era denominado Grande Circular Vila Progresso. Após sair da Vila Progresso ele seguia para o Vianelo, Praça da Bandeira, centro, velório, Sesão, Vila Municipal, centro, até a estação.

Era uma linha tranquila, só lotava nos horários de pico, principalmente a linha Vila Argos quando parava num ponto que existia na rua Petronilha Antunes, ao lado da Praça da Bandeira. Ali, por volta de cinco da tarde, o ponto lotava de alunos do Senai que moravam na Vila Arens e Vila Progresso. Eles embarcavam no ônibus, que já vinha lotado, e era comum ver os alunos pendurados na porta traseira até o Vianelo. Naquela época os ônibus trafegavam com as portas abertas, não havia a lei que proíbe ônibus e trens de trafegarem com as portas abertas e pessoas penduradas.

A linha foi operada até a metade da década de 80 pela extinta Auto Ônibus Jundiaí. Quando a Viação Leme assumiu a linha, a Grande Circular ganhou numeração, como todas as demais linhas urbanas, sendo então dividida. A Vila Progresso ficou com a numeração 503 e a Vila Argos com a numeração 504.

Alguns anos depois, com uma reconfiguração das linhas, a 504 Vila Argos foi extinta, ficando só a Vila Progresso, que passou a ser operada pela Viação Jundiaiense. Até o final da década de 90, com os estudos para o projeto SITU e a criação de novas linhas, constatou-se que a velha linha, já denominada somente “Progresso”, estava obsoleta, com poucos passageiros diários, que usavam outras linhas. Assim, foi extinta a última remanescente da Grande Circular.

A denominação Grande Circular ao que se sabe só existiu em Jundiaí. Em outras cidades sempre foi comum encontrar “Circular”, designação que existe ainda hoje em vários municípios. Em Jundiaí havia também a “Circular”, operada pela Três Irmãos e atendia a Vila Aparecida. O nome Circular foi extinto também na década de 90, a linha passou a ser Vila Aparecida.

OUTROS ARTIGOS DE GEORGE ANDRÉ SAVY

VINGANÇA OU JUSTIÇA

IMPERIALISMO NO SÉCULO 21

PROFECIAS

BRASIL PERDE MILHÕES DE DÓLARES POR IGNORAR O TURISMO

Ao olharmos para o tamanho da cidade de Jundiaí hoje, o itinerário da Grande Circular não faria jus ao nome. Mesmo do Sesão até o extremo da Vila Progresso, para muitos seria um trajeto no máximo mediano. Dava para gravar o nome de todas as ruas do trajeto das duas linhas, foi o que aconteceu comigo. Até hoje tenho na memória o nome das ruas do trajeto do Grande Circular.(Ilustração: Gabriel Giacomin de Lima)

GEORGE ANDRÉ SAVY

Técnico em Administração e Meio Ambiente, escritor, articulista e palestrante. Desenvolve atividades literárias e exposições sobre transporte coletivo, área que pesquisa desde o final da década de 70.

VEJA TAMBÉM

SAIBA TUDO SOBRE PREVENÇÃO DE CORRIMENTOS VAGINAIS COM A GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD

FISK DA RUA DO RETIRO: SAIBA O QUE SÃO QUESTIONS WORDS. CLIQUE AQUI

OS 103 ANOS DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI