20, abril , 2019
Home Jundiaí e Região Heyde é sobrinha da Emília e do Xerife. E poderia ter sido...
NARIZINHO

Heyde é sobrinha da Emília e do Xerife. E poderia ter sido NARIZINHO

A paulistana Heyde Migliaccio Giraldi Biagiotti (na foto acima entre as Emílias) cresceu nos bastidores do mundo da televisão. Ela é sobrinha de Flávio e Dirce Migliaccio. Ele foi o Xerife, da dupla “Shazan e Xerife”, com Paulo José. Além de novelas e peças, Flávio também atuou no cinema. Fez vários filmes, entre eles “Maneco, o Super-Tio”. É autor de livros. Ele é um grande desenhista. Dirce foi a primeira Emília do seriado dos anos 70. Também fez outros trabalhos na Rede Globo. Quando Rosana Garcia, a primeira Narizinho, estava para sair da série, Heyde chegou a ser convidada para fazer um teste e, quem sabe, substituí-la. Não quis. Era muito tímida. Hoje prefere pensar que o convite não passou de uma brincadeira dos responsáveis pelo programa.

Dirce Migliacci e a sobrinha, Heyde, durante gravação do Sítio do Picapau Amarelo: bastidores do inesquecível programa

A timidez era tamanha que nas gravações da novela ‘Pai Herói’ foi convidada para participar. Estavam precisando de figurantes. O cachê era bom. Mas Heyde preferiu se esconder no banheiro. Hoje ela mora em Jundiaí. Quando namorava com Rogério, com quem viria se casar, vinha para a cidade por causa de um amigo do casal. Passeavam, andavam a cavalo e acabaram escolhendo a cidade para iniciar a família. Isto já tem 17 anos. A entrevista com Heyde:

Quando se deu conta de que era sobrinha da Emília e do Xerife, da Dirce e Flávio Migliaccio, atores globais famosos?

Com meu Tio Flavio creio que com 5 anos quando ele foi em casa nos visitar e comprei um cacho de bananas para dar de presente para ele. Eu sabia que o Xerife gostava de bananas(risos). Com a tia Dirce comecei aos 6, 7 anos ir para o Rio de Janeiro visitá-la e ver as gravações.

Como as outras crianças viam isto? Você apresentava os tios famosos para os amiguinhos? Você se gabava?

As crianças ficavam felizes de estarem perto de uma pessoa que tinha tios famosos que trabalhavam na Globo. Eu nunca me gabei com isso, imagina. Eu só curtia demais !!

Tinha mais ou menos amigos por conta deste detalhe? 

Pra mim não influenciou em nada, sempre tive muitos amigos, independente.

Você frequentou muito as gravações do Sítio do Picapau Amarelo?

Quando estava de férias da escola ia todos os dias com a Dirce, minha mãe e um pessoal do elenco de ônibus, uma viagem de uma hora até a propriedade onde eram feitas as gravações do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Eu vibrava e curtia cada momento com a turma!

Como eram os bastidores daquele programa?

Olha, tinha prazo para chegar e fazer a caracterização, principalmente da Dirce que demorava pelo menos três para ficar pronta. Íamos almoçar e quando voltávamos eles começavam a gravar até umas 18 horas porque tinha que ter iluminação do dia. Era um ritmo bem puxado, as vezes gravavam a mesma cena várias vezes na área externa, dentro da casa.

Dirce fez o papel de Emília por quanto tempo? Ela gostava?

Ela foi a Emília por dois anos. Ela gostava no começo. Depois começou a ficar muito exaustivo pra ela.

Por que deixou o programa?

Não tenho certeza. Creio que seja por causa do cansaço mesmo.

Dirce, a Emília dos anos 70, sendo maquiada para o especial de fim de ano no qual contracenou com Isabelle Drummond

Ela sabia da importância que aquele personagem viria a ter para uma geração inteira?

Acho que no começo não. Mas, uns 15 anos atrás o Jorge Fernando(diretor da Globo) a chamou para fazer um especial de fim de ano no Rio como Emília. Ela contracenou com a Isabelle Drummond que era a Emília da versão mais atual do Sítio(vídeo acima). Fui com ela. Após mais de 30 anos que ela havia colocado a roupa de Emília, voltou a se caracterizar. Ela foi passando pelos corredores da Globo e todos começarem a chorar de emoção depois de tanto tempo. Eu chorei muito também…

O que ela achou da versão mais recente do Sítio? E da nova Emília?

Ela gostou. Disse que o papel combinou bastante com a Isabelle, que tinha inocência.

É verdade que você foi convidada para fazer teste para Narizinho?

Ahhh!!! A Rosana Garcia estava pra sair e como eu estava sempre lá, fizeram o convite. Mas acho que foi uma brincadeira.

Você pensa em como teria sido sua vida se tivesse feito o teste e passado?

Olha, quando falei isso pra minha mãe disse a ela que não queria ir morar no Rio por ser longe. Nunca pensei nessa possibilidade.

Depois do Sítio, sua tia fez outros papéis?

Após a Emília, minha tia  trabalhou no “Bem Amado” como Juju, uma das três Irmãs Cajazeiras; a “Gata Comeu”, como Conceição. Também fez “Marrom Glacê”, “Sai de Baixo”. Ela trabalhou muito na televisão, fora teatro e cinema.

Quando ela morreu?

Ela morreu em setembro de 2009. Passou mal durante uma gravação que minha mãe estava com ela, graças a Deus, no Rio de Janeiro. Teve um derrame e não resistiu por muito tempo. O interessante é que fez várias pesquisas sobre ela e a data em que ela nasceu está errada na maioria. A tia Dirce nasceu em 30 de setembro de 1932.

Como é seu tio Flávio na intimidade? Ele já falou qual foi o papel mais importante da carreira dele?

Ele é divertido, brincalhão. Ele teve e ainda tem papéis importantes porque está na ativa, fazendo teatro e está na nova novela, “Órfãos da Terra”.

Shazam e Xerife foi um marco da TV brasileira, começando pela abertura(vídeo acima), que era algo espantoso para o início dos anos 70. O que ele fala sobre este personagem?

Não comenta mais. As vezes falamos do seu Chalita em “Tapas e Beijos” e também do personagem mais recente…

Ele fala em se aposentar?

Não fala não, acho que uma pessoa como ele se parar, morre!!

Flávio Migliaccio e Matheus, filho de Heyde

Quais artistas você conheceu?

Nossa, não dá pra enumerar aqui. Evidentemente, toda turma do Sítio dos anos 70, a Xuxa, Antônio Fagundes, Tony Ramos, Fabio Assunção, Lima Duarte, Cláudia Raia…

Alguma história curiosa envolvendo um famoso?

Lembro sim! Entre uma gravação e outra do “Bem Amado”, o Lima Duarte deixava eu andar no cavalo que ele usava nas cenas.

Você continua indo a programas de TV. É reconhecida pelos mais antigos como a sobrinha da Emília e do Xerife?

As vezes vou na Globo, Record… Não me reconhecem não.

A TV de antigamente era melhor do que a de hoje?

Sim, era tudo tão diferente.

VÍDEO: VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES CHEGA AOS CONSULTÓRIOS MÉDICOS

VOCÊ SABE POR QUE A VACINA CONTRA A GRIPE É IMPORTANTE? A TRIVACIN PREMIUM EXPLICA EM VÍDEO

SE VOCÊ QUER BOLSA DE ESTUDO CLIQUE AQUI

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES!

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.