21, outubro , 2018
Home Opinião HORA DA ANÁLISE

HORA DA ANÁLISE

É hora da análise. As eleições do último domingo mostraram precisam ser avaliadas pelos coronéis da política, tanto nacional como local. O que se viu na campanha para Câmara Federal, Senado e Presidência da República – e porque não dizer também para Governador – foi o crescimento de partidos pequenos, puxados por Jair Bolsonaro e seu PSL. O que se viu foi uma quebra na estrutura política de partidos, como o PSDB, o MDB e o PT, apesar deste último estar no segundo turno para as eleições presidenciais. Mas a redução das cadeiras tanto na Câmara como no Senado, é de ser analisada por tais partidos. Os chamados “nanicos” deixaram este patamar e transformaram grandes partidos em menores que os aqui citados em primeiro.

O resultado mostrou, acima de tudo, que o brasileiro cansou da corrupção e quer o fim da mesma. Assim, MDB, PP, PSDB e PT descarrilaram. E nomes como Dilma Rousseff,  Eduardo Suplicy, Geraldo Alckmin, Ciro Gomes, Marina Silva, simplesmente foram verdadeiras decepções. Marina, para mostrar um nome mais em evidência nos últimos dias por disputar a Presidência, antes do início da campanha, ocupava o segundo lugar nas pesquisas. No resultado das eleições, acabou ficando em oitavo, atrás dos até então desconhecidos, João Amoedo e Cabo Daciolo. Alckmin, coitado, não saiu do quarto lugar, enquanto Meirelles mostrou que gastou grande parte de sua fortuna e nada conseguiu, até porque é fraco em debates e fraco em palanque. Com sua queda e diante das denúncias contra o MDB – que já foi considerado o maior partido político do Ocidente – Paulo Skaf ficou fora do segundo turno depois de ficar em segundo lugar nas pesquisas até uma hora antes de começar a votação. Ainda dentro do cenário nacional, vimos um Aécio Neves e uma Gleisi Hoffmann, presidente do PT, optarem por mudar do Senado para a Câmara dos Deputados e manter a imunidade. E se elegeram. Se mantivessem as candidaturas ao Senado, provavelmente não se reelegeriam.

Se no cenário político nacional o quadro foi frustrante, no local foi mais decepcionante ainda. Isso porque, mais uma vez, o jundiaiense ignorou seus candidatos e buscou opções fora da região para votar. O resultado foi que os dois ex-prefeitos candidatos – um à Assembleia Legislativa, Pedro Bigardi, e outro à Câmara Federal, Miguel Haddad – não conseguiram se eleger. Bigardi já se mostrara fraco na eleição para a Prefeitura, há dois anos, e sua votação caiu ainda mais. Já Miguel Haddad foi levado pela fraca administração de seu apadrinhado, Luiz Fernando Machado. Mesma situação frustrante viveu Gustavo Martinelli, então presidente da Câmara que nada conseguiu, a não ser ficar na frente de Bigardi na votação.

OUTROS ARTIGOS DE NELSON MANZATTO

FINALMENTE CHEGA A HORA DE CUMPRIR O DEVER DE CIDADÃO

CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE

AS ELEIÇÕES, OS CANDIDATOS E OS NÚMEROS

A DEMORA DO PT E A SEGUNDA CIRURGIA

INCÊNDIO DEIXA O PAÍS AINDA MAIS SEM MEMÓRIA

COMEÇA O HORÁRIO ELEITORAL GRATUITO

No quadro nacional é necessária uma ampla reforma política, já comentado aqui e no local, é preciso que o atual prefeito faça uma completa reforma em seu primeiro escalão se quer se manter onde está. Se até seu vice – dr. Pacheco – não conseguiu se eleger, fica claro que este, assim como de Miguel Haddad, não foram aprovados por conta do Fernando Machado. E Gerson Sartori, que não conseguira se eleger vereador, não foi surpresa sua derrota. Afinal, o eleitor está sempre atento nas constantes mudanças de partidos dos políticos.

Hora de refazer os quadros políticos! Seja qual for o resultado do dia 28 próximo para a Presidência, é fundamental que surjam novos nomes nos partidos que se afundaram. Senão, adeus coronéis! (Ilustração: www.vitrinerio.com.br)


NELSON MANZATTO
Jornalista profissional diplomado, tendo trabalhado no Jornal da Cidade de Jundiaí, Diário do Povo de Campinas, Jornal de Domingo de Campinas, Diário Popular de São Paulo e Jornal de Jundiaí. Foi editor-chefe dos jornais Diário do Povo, Jornal de Domingo e Jornal de Jundiaí e sempre trabalhou nas editorias de Política e Economia. Também trabalhou em Assessoria de Imprensa. É membro da Academia Jundiaiense de Letras e tem quatro livros publicados: Surfistas Ferroviários ou a História de Luzinete (Vencedor de Concurso Literário), Contos e Crônicas de Natal (com cinco textos premiados), Momentos e No meu tempo de Criança. Mantém um blog literário: blogdonelsonmanzatto.blogspot.com

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments