14, dezembro , 2018
Home Opinião UPA e Clínica da Família, a INTEGRAÇÃO URGENTE que precisamos

UPA e Clínica da Família, a INTEGRAÇÃO URGENTE que precisamos

No último fim de semana, a Prefeitura de Jundiaí inaugurou a nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que funcionará 24 horas no Jardim Novo Horizonte, e uma unidade da Clínica da Família. Sabemos do processo demorado para que essa realização fosse possível, sabemos da espera e ansiedade da população, dos imbróglios resultantes de uma obra que transitou pela mudança de governos e precisou ser encarada com seriedade. Portanto, apesar dos obstáculos, ver finalmente esse novo equipamento funcionar é algo que merece ser celebrado, ainda mais pela maneira como se dará: de forma que os pacientes sejam atendidos em 95% no próprio local e, em poucos casos de transferências, sejam conduzidos diretamente às outras unidades de rede. A UPA e a Clínica da Família respondem à integração urgente que precisamos nos serviços públicos.

Estive na inauguração e acompanhei o trabalho dedicado da Unidade de Promoção da Saúde da atual gestão para que a UPA fosse entregue em plenas condições de funcionamento. Devemos ter essa responsabilidade. Não se trata só de uma questão orçamentária, mas é um compromisso social entregar uma obra sem que ela se torne um ‘elefante branco’, sobretudo diante da grande necessidade de serviços sentida pela região Oeste da cidade, até então distante dos pontos centrais de saúde. Diariamente, em meu gabinete, recebemos demandas e cobranças por melhorias para agilidade na saúde e sabemos que muito se dá pelo aumento de pessoas que carecem desses serviços, já que a qualidade do Sistema Único de Saúde (SUS) em Jundiaí é inquestionável, e muito também pela falta de sincronicidade entre todas as frentes que cuidam da saúde, pela distância entre serviços que se complementam e pelas filas que fazem sofrer famílias e nos tiram as esperanças.

Dessa forma, termos equipamentos que correspondam à alta demanda e descentralizem a sobrecarga das nossas unidades já saturadas é um grande passo. A nova UPA irá oferecer atendimento em atenção básica – promoção e cuidado com a saúde – e urgência e emergência, ou seja, em um mesmo equipamento serão feitos os atendimentos de A a Z, com a realização de exames de ultrassom, raio-x, eletrocardiograma e análises clínicas que serão compartilhadas com o serviço básico prestado pela Clínica da Família. Esses sistemas também serão integrados com o Serviço de atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que terá uma unidade no complexo: uma das queixas mais comuns naquela região era justamente a demora para que moradores fossem socorridos por ambulâncias. Os novos equipamentos do Jardim Novo Horizonte ainda devem reduzir em 25% as demandas dos Pronto-Socorros dos Hospitais Universitário e São Vicente de Paulo.

É ainda importante frisar que a continuidade do projeto da UPA nos mostra exemplo raro na política em que a população é priorizada e sobreposta às diferenças partidárias, pois além de retomar a UPA, o projeto foi readequado para que, já construída e parada, a unidade pudesse contemplar a integração que vimos em seu lançamento – o prédio de 2,5 mil metros quadrados iria, inicialmente, abarcar apenas atendimento de urgência e emergência e, agora, conta com a Clínica da Família e atenção básica. A prefeitura deve desembolsar R$ 20 milhões por ano para o funcionamento do complexo.

OUTROS ARTIGOS DE FAOUAZ TAHA

SERIEDADE COM PACOTE ANTICORRUPÇÃO É O QUE PEDIMOS

AGENDA COMUM, VALORIZAÇÃO DE SETORES, EMPREGO E DESENVOLVIMENTO

OBSESSÃO PELA FELICIDADE

A DESCRENÇA É O QUE ALIMENTA AS ‘ONDAS’…

CENTROS SEGUROS TAMBÉM PARA OUTROS BAIRROS

Diante de grandiosa entrega, nos resta cobrar eficiência e torcer pela saúde de nossa cidade que hoje já é referência e que, para continuar prosperando, deve ser reconhecida. Esperamos retorno efetivo e confio que ele virá, virá por já termos conquistado a percepção da gestão de que precisamos de serviços cada vez mais compartilhados. Que possamos oferecer vida longa ao SUS e ver em Jundiaí a qualidade aos pacientes sempre avançar.


FAOUAZ TAHA

É vereador na Câmara de Jundiaí pelo PSDB, eleito pela primeira vez nas últimas eleições municipais de 2016. Tem 29 anos. Atualmente é líder do governo municipal na Casa de Leis, além de presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desporto, Lazer e Turismo do Legislativo. Nascido em Jundiaí, Faouaz é formado em Educação Física pela ESEF e tem pós-graduação em Fisiologia do Esporte pela Unifesp. Antes de ser vereador, teve experiência na gestão pública com participação na Secretaria de Esportes

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments