20, abril , 2019
Home Brasil e Mundo JORNALISTAS recém-formados concorrem a bolsas da ONU

JORNALISTAS recém-formados concorrem a bolsas da ONU

JORNALISTAS

Jovens jornalistas têm a oportunidade de concorrer a bolsas da Organização das Nações Unidas (ONU) para realizar a cobertura do debate anual da Assembleia Geral, em Nova Iorque (Estados Unidos), entre 15 de setembro a 5 de outubro. As inscrições acontecem até 15 de abril, pela internet, e permite a inscrição de profissionais com idade entre 22 e 35 anos.

A iniciativa é organizada pela própria ONU e faz parte do Programa Memorial Al-Farra, que oferta bolsas de jornalismo para custear passagens de ida e volta para Nova Iorque, além dos gastos com alimentação e acomodação. “É muito importante esse tipo de experiência para o recém-formado. A gente percebe que existe uma grande dificuldade em se habituar ao dia a dia do jornalismo e, apesar de ter feito a faculdade, quando o profissional começa a atuar é que percebe os desafios”, analisa o editor-chefe do jornal Aqui Notícias, Wanderson Amorim.

Além da cobertura do evento, os selecionados entrevistarão os funcionários da organização e também poderão visitar empresas de comunicação, entre eles o The New York Times. Além da bagagem adquirida com a oportunidade de cobrir um grande evento, a visita aos veículos de comunicação é um dos pontos importantes para os novos jornalistas. “É preciso compreender como funciona um grande jornal e, hoje, os grandes veículos de comunicação trabalham com várias ferramentas e estão sempre se aperfeiçoando. Há uma infinidade de setores e oportunidades em um veículo de comunicação. Por isso, é preciso que os jornalistas também se aperfeiçoem para se adequar ao perfil e às estratégias de cada empresa”, sinaliza Wanderson.

Bolsas de Jornalismo da ONU: requisitos – Para ter direito às bolsas de Jornalismo da ONU, é preciso cumprir outros requisitos: ter graduação completa, ter fluência em inglês e passaporte válido por, pelo menos, seis meses após a data de início da viagem. Os candidatos também precisam ser de países em desenvolvimento ou de economia em transição. O Brasil está incluso.

Curso de Idiomas – O programa da Organização das Nações Unidas mostra que o idioma estrangeiro pode abrir portas também para os profissionais da imprensa que atuam no país. Portais parceiros do Educa Mais Brasil oferecem até 50% de desconto em curso de idiomas por meio de bolsa de estudo. São diversas oportunidades existentes em todas as regiões do país, em turmas presenciais e a distância.

Para conferir as bolsas de estudo disponíveis basta acessar o portal do Educa Mais Brasil em parceria com o Jundiaí Agora.  A contratação é realizada diretamente no site. O Educa não exige comprovação de renda e o estudante não acumula dívidas ao final o curso, caso tenha quitado todas as mensalidades e taxas.

LEIA TAMBÉM

PROGRAMA OFERECE BOLSAS DE ESTUDO PARA FACULDADES DE SÃO PAULO

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.