23, março , 2019
Home Jundiaí e Região Kátia está deixando as americanas MAIS BONITAS

Kátia está deixando as americanas MAIS BONITAS

A paranaense Kátia Correa de Paula, 35 anos, se mudou para Jundiaí com apenas cinco anos. Hoje, vive Connecticut e deixa as norte-americanas mais bonitas. Kátia é podóloga e também trabalha com micropigmentação. A entrevista com Kátia:

Onde você estudou em Jundiaí?

Estudei na escola pública do jardim Tulipas. Depois fiz um curso técnico em Podologia no Senac. Agora estou fazendo curso de micropigmentação na Academy AS, nos Estados Unidos.

Quais bairros morou?

Bairro Boa vista, vila Comercial por 20 anos e também no Tulipas.

Sempre atuou na área da beleza?

Sim. Comecei com manicure, depilação e fui aperfeiçoando e fazendo cursos mais específicos nas áreas que gosto!

Onde mora hoje? 

Danbury, Connecticut.

Teve outros endereços nos EUA?

Morei um ano e meio em Augusta, Maine.

Como aconteceu esta mudança radical, sair do Brasil e ir para os Estados Unidos?

Meu marido que trabalhava há 25 anos numa empresa de energia foi transferido em 2015 para o estado do Maine.

Como é a cidade onde vive atualmente? 

Danbury é uma cidade de 85 mil habitantes, 20 mil deles são imigrantes e uns 70% desse total são de brasileiros. Faz divisa com Nova Iorque, 20 minutos até Brewster, cidade onde meu marido trabalha! Aqui encontramos muito da nossa cultura, comidas, restaurantes, supermercados, padarias … Difícil sentir falta do Brasil aqui!

E a cidade anterior?

Augusta é a sede do governo e capital do Maine, cidade linda… A natureza reina por aqui! Destino de férias de muitos americanos que fogem da correria do dia a dia e apreciam parques e belezas naturais. No Maine o inverno é longo, praticamente sete meses de neve, frio de até – 25 graus, mas tudo funciona perfeitamente para garantir a segurança nessa época. Pouquíssimos brasileiros vivem em Maine!

No início(ou até hoje) você fazia comparações entre Jundiaí e as cidades americanas onde viveu e vive?

Sim! Sempre comparo! No Maine por causa da calmaria, do silêncio, da natureza…Jundiaí, mesmo sendo uma cidade do interior, comparada com o Maine é muito urbana!! Já Danbury é muito parecida com Jundiaí. É mais urbana, próxima de uma grande cidade que é Nova Iorque e a Ilha de Manhattan. A distância entre elas me faz lembrar a distância entre Jundiaí e São Paulo. Quando estamos a fim de badalação é pra lá que vamos!

Há outros jundiaienses por aí? 

Nunca conheci nenhum jundiaiense por aqui. Na verdade existem poucos paulistas. Goianos e mineiros são a maioria.

Os americanos ficam interessados em saber de onde você é? Ou eles veem brasileiros apenas como mão de obra barata?

No Maine, o interesse era maior sobre o Brasil. Queriam saber os motivos da mudança, como é nossa a cultura. Já em Nova Iorque, eles estão bem acostumados conosco. No meu ponto de vista eles nos enxergam como mão de obra importante em vários  setores onde os americanos não gostam de atuar, como limpeza e construção. A discriminação acontece mais entre os próprios imigrantes, infelizmente… Os americanos em geral são respeitosos e preservam muito a privacidade em todos os sentidos.

Parece que o segmento de beleza liderado por brasileiros vai muito bem nos Estados Unidos. É isto mesmo? Por quê?

Com certeza os brasileiros se destacam muito neste setor! Por conta da nossa competência, capricho e o calor humano que faz com que as pessoas se aproximem e não se enxerguem apenas como um cliente! Uma coisa que me surpreendeu muito foi a falta de higiene nos salões e clínicas de estética. Nisto, o Brasil ganha dos Estados Unidos de 10 a 0! Os americanos se identificam muito com essa área, não gostam muito de se cuidar, isso também influencia no nosso sucesso!

Você está vivendo o sonho americano mesmo sem ser nascida aí? É possível vencer nos EUA?

Para mim o sonho americano é ter a oportunidade de viver em um país melhor. Isso eu consegui através do trabalho do meu marido! Foi uma grande oportunidade que estamos aproveitando muito! Não tenho preguiça de trabalhar, de aprender nova cultura e isso me faz vencer diariamente! Meus esforços hoje me dão uma vida bem mais confortável do que no Brasil!

Quais seus principais triunfos aí?

Conseguir voltar a trabalhar na minha aérea, ter estabilidade financeira, viajar mais vezes e conhecer lugares incríveis!

O Brasil, na sua opinião, conseguirá um dia chegar ao nível dos EUA?

Na minha opinião, levando em conta a nossa cultura, eu acho extremamente improvável. Temos condições e inteligência, mas não temos educação para isso.

E o que os americanos poderiam absorver dos brasileiros? Podemos ensinar algo a eles?

Nosso calor humano faria toda diferença! O cuidado com o próximo, animação nos encontros com a família e os amigos! Ser “multi-tarefas”, os americanos se dedicam a serem especialistas em uma única coisa!

Quais seus projetos?

Falar inglês fluentemente é meu maior desafio e objetivo neste momento! Quero me estabilizar cada vez mais aqui no meu trabalho e comprar uma casa no próximo ano!

Vem sempre para Jundiaí?

Sempre! Praticamente todo mês! Por motivos pessoais e de trabalho. Pretendo diminuir o número de viagens no próximo ano.

Como avalia Jundiaí hoje?

Sai da cidade há apenas dois anos. Então pra mim continua igual. Acho uma cidade com grande potencial para quem quer trabalhar, estudar e crescer.

Pensa em voltar a morar aqui?

Não penso não! Mas se alguma dia eu tiver que sair dos Estados Unidos, com certeza voltaria a Jundiaí!

E para quem está pensando em se mudar para a América?

Eu diria o seguinte para elas: corram atrás do seu sonho! Mas venha disposto a mudar seus hábitos, suas manias, com a mente aberta pra entender e respeitar as regras de um novo país! Não adianta chegar aqui com o famoso “jeitinho brasileiro”. Aqui as regras são claras e a punição não escolhe classe social! Aqui a sua palavra tem poder, mas uma mentira sequer tira sua credibilidade por uma vida inteira! Confiança é tudo! Tem espaço pra todos que querem uma oportunidade de viver e prosperar através do seu trabalho, seja ele qual for! Você será reconhecido e, ao meu ver, bem remunerado.

MAIS JUNDIAIENSES PELO MUNDO

COMO UM BANDEIRANTE, EUCLIDES DESBRAVOU NIQUELÂNDIA(GO)

PARA RAFAELA, JUNDIAÍ AGORA É UMA CIDADE PARA OS FINAIS DE SEMANA

O DESEMPREGO LEVOU CAROLINA E O MARIDO PARA A IRLANDA

RENATA RECARREGA AS BATERIAS AO VIR DA ITÁLIA PARA O BRASIL

A PEDAGOGA GISELE ESTRANHOU A NOVA VIDA EM SANTOS

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.