20, novembro , 2018
Home Opinião A MASSOTERAPIA e sua importância no tratamento de depressão

A MASSOTERAPIA e sua importância no tratamento de depressão

É importante saber que sessões de massagem, a massoterapia, não só ajudam a relaxar como também podem servir de tratamento para alguns problemas de saúde, dentre eles a depressão.

Os métodos de massagem terapêutica são simples e eficientes para produzir respostas mediadas por meio do sistema nervoso, da interação com o sistema endócrino e dos sistemas circulatórios.

A massagem terapêutica é capaz de ajudar a diminuir o uso de fármacos em casos de manifestações brandas de sintomas em determinadas disfunções, diminuindo o risco de efeitos colaterais.

O uso da massagem para ansiedade, a depressão e principalmente a dor crônica, pode ser extremamente benéfica concomitante com um tratamento cognitivo-comportamental.

É comum que o tratamento físico, o toque realizado, seja capaz de alterar o estado psicológico do paciente, em alterações no seu estado de humor, uma nova percepção da imagem corporal e em mudanças de comportamento.

OUTROS ARTIGOS DA PSICÓLOGA DANIELA MENICALLI:

A FIDELIDADE DOS ANIMAIS (2): CADA UM DOS BENEFÍCIOS

A FIDELIDADE DOS ANIMAIS, NA ALEGRIA E TAMBÉM NA TRISTEZA

DEPRESSÃO: ADULTOS, ADOLESCENTES E CRIANÇAS PODEM TER SINTOMAS

QUAIS AS CAUSAS DA ANSIEDADE E DO PÂNICO? COMO SUPERÁ-LAS?

SERÁ QUE VOCÊ ESTÁ SOFRENDO DE SÍNDROME DE BURNOUT?

A ANOREXIA E A BULIMIA NERVOSA, PROBLEMAS DA NOSSA SOCIEDADE

Os conceitos que explicam os efeitos da massagem terapêutica, baseiam-se que ela age diretamente nos tecidos moles ou fluidos corporais, estimulando o sistema endócrino, nervoso, as substancias químicas, respondendo também com efeito placebo para o corpo.

O nosso sistema nervoso responde aos métodos de massagem terapêutica por meio da estimulação dos receptores sensoriais pelo toque. Esta estimulação interrompe um padrão existente nos centros de controle do sistema nervoso central, resultando numa mudança de impulsos motores. Esta mudança acarretaria uma alteração da homeostase (equilíbrio do organismo) e regularia os padrões vitais e a liberação de neurotransmissores.

A maioria dos problemas de comportamento, humor e percepção de estresse e dor são causadas pela desregulação bioquímica.

A massagem regularia esses níveis bioquímicos, melhorando a ansiedade, atenção e diminuindo os traços depressivos.

 

Algumas substâncias neuroendócrinas influenciadas pela massagem são:

Dopamina: influencia a atividade motora e do humor.

Endorfinas: substâncias que levantam o ânimo, que dão suporte à saciedade e modulam a dor.

A massagem aumenta os níveis disponíveis destas substâncias. A duração do efeito da massagem, em função do esgotamento da endorfina é mais ou menos de 48horas.

Ocitocina: ligada a sentimentos de atração, junto com a suas funções mais clinicas durante a gravidez e lactação.

Serotonina: regula o humor e reduz a irritabilidade. Modula o ciclo de sono/vigília. Um baixo nível de serotonina tem implicação na depressão, transtornos obsessivos-compulsivos, problemas de dor no corpo e transtornos alimentares.

Cortisol: hormônio liberado durante períodos estresse prolongado (pelas glândulas suprarrenais). O estresse e a depressão podem estar correlacionados – o que justifica o fato do uso da massagem e pacientes estressados, ansiosos e deprimidos.

Hormônios de crescimento: a massagem dinamiza, de forma indireta, a disponibilidade do hormônio de crescimento, encorajando o sono e reduzindo o nível de cortisol.

LEIA TAMBÉM:

A ANOREXIA E A BULIMIA NERVOSA, PROBLEMAS DA NOSSA SOCIEDADE

GENIALIDADE

SINTOMAS E SINAIS DOS TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM

SAIBA O QUE É MUTISMO SELETIVO

CRIANÇAS AGITADAS E CRIANÇAS COM TDHA

A massagem terapêutica através de pesquisas, demostram que existe um índice de aumento nos níveis de dopamina, serotonina, endorfina e ocitocina e reduz os níveis de cortisol. No qual são hormônios relacionados com pacientes deprimidos.

Sendo a depressão um problema tão sério e relevante pelo seu sofrimento e comprometimento no funcionamento adaptativo dos pacientes o uso da massagem juntamente com psicoterapia e medicação necessária, seria uma combinação perfeita.

 

MASSOTERAPIADANIELA MENICALLI

Psicóloga clínica, mestre em Distúrbios do Desenvolvimento, com formação há 18 anos. Atualmente responsável pelo Instituto Daniela Menicalli de Psicologia e professora coordenadora na Faculdade Fia – USP.

 

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments