Homem é assassinado após uso de crack em MOTEL entre casais

MOTEL

Um homem de 48 anos foi assassinado a tiros em Campo Limpo Paulista. O crime foi praticado durante a manhã desta quarta-feira (8) no Jardim América e testemunhado por uma mulher de 42 anos. Ela era conhecida do baleado e prestou depoimento à polícia.

Segundo relato da testemunha, S.L.L. foi atingido dentro de um Meriva prata dirigido por um homem conhecido de nome “Manuel”. Ela contou que outra mulher estava no veículo e que os dois casais estavam momentos antes em um motel para fazer uso de pedras de crack.

A testemunha disse que os tidos que mataram S.L.L foram dados ainda dentro do carro. Após isso, o motorista parou e retirou os passageiros, caindo o baleado no chão, com graves ferimentos.

Ela também informou que uma ambulância municipal foi acionada por populares e chegou a levar Lima para o hospital local, mas ele morreu assim que deu entrada na instituição médica.

A testemunha não contou qual teria sido o motivo que levou o atirador a cometer o assassinato ou se ambos chegaram a brigar enquanto faziam uso da droga no motel.

A polícia tenta agora identificar o autor da morte para concluir o inquérito policial instaurado por determinação do delegado Marcel Fehr.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, nenhum assassinato foi registrado pela polícia em Campo Limpo Paulista entre os meses de janeiro e março deste ano.

Uma tentativa, por outro lado, foi cometida no período (no mês de fevereiro), contra nenhuma verificada nos mesmos meses do ano passado.

Já assassinatos em 2018 somaram três entre janeiro e março, com um ocorrendo em janeiro e dois, em março, ainda segundo a SSP. (Foto meramente ilustrativa: www.vice.com)

PM recupera carga de bebidas avaliada em R$ 650 mil – A Polícia Militar recuperou em Várzea Paulista grande carga de bebidas furtada de uma distribuidora de Jundiaí e avaliada em mais de meio milhão de reais. Quatro homens foram presos em flagrante por furto qualificado. Nenhum deles teve fiança arbitrada.

De acordo com a PM, três caminhões carregados com bebidas foram levados da empresa, além de um carro VW UP Cross, de cor branca. Não foram dados detalhes de como a quadrilha conseguiu acessar a distribuidora, que está localizada no Jardim Pacaembu.

Já parte da carga foi encontrada durante patrulhamento de rotina pelo Jardim Promeca, em Várzea Paulista. Na rua Justino de Carvalho, dentro de uma garagem, grande quantidade de bebidas foi achada, sendo o morador detido para prestar esclarecimentos.

Enquanto respondia os questionamentos dos militares, o homem decidiu confessar que sabia que aqueles produtos eram furtados, indicando onde o restante da carga poderia ser encontrado. Todo o material foi avaliado em R$ 650 mil.

Segundo ele, estava em outra residência no bairro, na rua Bento Pereira, onde mais três homens foram presos e conduzidos à delegacia local.

Além de furto qualificado, foi elaborado um auto de prisão em flagrante por receptação. Os detidos, depois de autuados, foram encaminhados ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista. Eles permaneceram presos, aguardando pronunciamento do Poder Judiciário.

PM acha quase 15 quilos de drogas dentro de imóvel – Quase 15 quilos de drogas foram apresentados na Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Jundiaí após apreensão feita por policiais militares do 49º Batalhão.

O local da apreensão não foi informado, sendo achadas pedras de crack, maconha e cocaína separadas em porções e prontas para a comercialização. Cerca de 540 frascos contendo lança-perfume também foram apreendidos.

De acordo com informações preliminares, denúncia anônima levou uma equipe de Força Tática ao imóvel onde as drogas foram encontradas. Ninguém foi preso, mas na residência foram localizados 411 invólucros de maconha, 416 tubetes de cocaína, 360 tubetes de crack e os frascos de lança-perfume.

Ao todo, 14,5 quilos de drogas foram apesentados à Dise, que é considerada uma unidade especializada da Polícia Civil. Investigação tenta agora descobrir quem é o dono da droga, que poderia render milhares de reais ao proprietário. (Texto: Geraldo Dias Netto)

VEJA VÍDEOS:

DOR NA HORA DA PENETRAÇÃO. GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD EXPLICA AS CAUSAS

TRIVACIN PREMIUM: O ÚNICO REMÉDIO CONTRA O SARAMPO É A VACINA

MESMICE FICA LONGE DA LIVRARIA NOBEL DO ELOY NESTE DIA DAS MÃES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES