NARIZ DE PALHAÇO: Já colocou o seu hoje??? Acho que deveria…

NARIZ DE PALHAÇO

Sou jornalista há muitos e muitos anos, já li e acompanhei muitas notícias bizarras e absurdas, fruto da incongruência, maldade e burrice humana, mas confesso que nenhuma me deixou tão perplexa e furiosa (para dizer o mínimo) do que a decisão do ministro do Supremo Marco Aurélio, que resultou na libertação de um traficante chamado “André do Rap”. Gente, até onde eu sei, bandido tem de ficar preso até cumprir a sua pena, certo? Ou será que a Justiça mudou e eu não estou sabendo? Na minha opinião, essa decisão foi um tapa na cara do cidadão de bem, que segue a lei, paga seus impostos, trabalha honestamente e quer contribuir com a sociedade. Sinto-me com um grande e vermelho nariz de palhaço e o tal “do Rap” deve estar rindo da nossa cara…

Botar na rua um criminoso foragido há cinco anos, que traficava e cometia os mais bárbaros crimes e contravenções, que foi condenado pelo tráfico de várias toneladas de cocaína é estarrecedor. Impossível ignorar a ficha corrida do tal Rap, que já estava com tudo esquematizado, esperando apenas a ordem de soltura. Ligeiro, ele fugiu e deve estar gargalhando até agora. Eu também estaria rindo, pois o Brasil é o país da piada pronta, como diria o colunista José Simão, da Folha.

Quem já sofreu na pele os efeitos da violência que assola o nosso país não consegue ficar impassível diante desta vergonha. Quem vivenciou um tiroteio, foi dominado com revólver durante um assalto e perdeu um parente assassinado como eu não consegue deixar de se revoltar com essa falta de cuidado da Justiça. Não é o ato em si, mas o que ele representa que me deixa ainda mais incomodada. Permitir que o chefe de uma facção criminosa saia tranquilamente pela porta da frente de uma penitenciária prova que no Brasil o crime compensa. Sim, vemos exemplos disso todos os dias no noticiário e se a moda pega, vamos ter uma debandada de bandidos das nossas prisões. E vai faltar nariz de palhaço para quem é honesto.

Esse tipo de situação vai minando na sociedade brasileira valores essenciais que deveriam ser enaltecidos, como a honestidade, a ética, a moral, a busca pela justiça, o conhecimento. Estes homens togados, que ganham salários estratosféricos, que estão encastelados em mansões, só andam de carros blindados e possuem um séquito de servidores pagos com nossos impostos deveriam trabalhar a favor da verdadeira Justiça e não dos criminosos. Mas eles estão tão longe da realidade das ruas que nem imaginam o que o cidadão comum, como eu e você, sofre cotidianamente nas mãos da criminalidade.

OUTROS ARTIGOS DE VÂNIA ROSÃO

QUANDO NOS TORNAMOS DESNECESSÁRIOS

CACHORRO DE MADAME

CALA-TE BOCA

FIQUE CALADO SE NÃO TEM NADA DE BOM A DIZER

Absurdo dos absurdos, essa decisão vai ficar na história da Justiça brasileira como um grande e desnecessário equívoco do Supremo Tribunal Federal. Mas a piada não termina aí, o pior veio depois, quando o presidente do STF, ministro Luiz Fux, derrubou a decisão do colega Marco Aurélio e restabeleceu a ordem de prisão do André do Rap pensando que no dia seguinte o traficante iria voltar para a cadeia de livre e espontânea vontade. Numa hora destas o meliante já está bem longe, e não tem intenção nenhuma de retornar para o cárcere. Com certeza, deve estar com dor nas costelas de tanto rir e agradecendo a Deus por ter nascido num país onde impera a impunidade. Haja nariz de palhaço(Foto: Divulgação/PF Santos)

VÂNIA ROSÃO

Formada em Jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero. Trabalhou em jornal diário, revista, rádio e agora aventura-se na internet.

VEJA TAMBÉM

CÓLICAS MENSTRUAIS: DRA. LUCIANE WOOD EXPLICA AS CAUSAS E TRATAMENTOS

FISK DA RUA DO RETIRO: SAIBA O QUE SÃO QUESTIONS WORDS. CLIQUE AQUI

OS 103 ANOS DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI