Nenhuma DESCRENÇA justifica a falta de representantes locais

Passados seis meses e um pouco mais das eleições de 2018, acredito ser importante avaliarmos o quanto nos faltam representantes locais na Assembleia Legislativa de São Paulo e no Congresso Nacional. Isso porque, por mais difícil momento político que tenhamos vivido até aqui e que possa ter causado eventual exaustão dos eleitores com seus candidatos de então, nenhuma descrença sobre a classe política me parece justificar a falta que nos fazem representantes da nossa Região em cenários amplos que nos afetam diariamente, sobretudo, em período de transições de governo e tanta instabilidade econômica. Ou seja, por mais que as opções possam não agradar eleitores, não podemos perder a confiança naqueles que são as expressões da nossa realidade. Não elegermos alguém da nossa Região é não confiarmos em nós mesmos e precisamos mudar esse cenário.

Como presidente da Câmara Municipal de Jundiaí, tenho avaliado essa ausência diante de tantos pedidos recebidos por munícipes e encaminhados por nós parlamentares municipais sem, no entanto, qualquer outro elo que reforce a pressão como municipalidade frente aos governos federal ou estadual. É o caso da moção de apelo que todos os vereadores assinaram recentemente pelo não fechamento de agências dos Correios em nossa cidade. Certamente que a moção é um instrumento importante, porém, se tivéssemos mais um reforço com deputados de nossa cidade eleitos, talvez teríamos também outro alcance com tais solicitações.

Basta vermos o efeito benéfico de articulações de deputados anteriores em casos de extrema importância, como a certificação do hospital do Grendacc em 2018, cujo empenho da entidade teve expressão nacional também pelo intermédio do então deputado federal Miguel Haddad. Muitas instituições, aliás, puderam exercer suas funções e trabalhos por meio de emendas parlamentares que permitem recursos à cidade e de forma totalmente legítima, parte do exercício do deputado. Até hoje, mesmo sem esses em exercício, os recursos auxiliam no andamento dos trabalhos.

Atualmente, sem termos deputados eleitos por nós e para nós, ficamos reféns de caminhos mais difíceis para alcançar tais recursos e, portanto, ficam reféns também os serviços que dependem de auxílio não somente da administração local. Elegemos, com boa parte dos nossos votos, representantes que naturalmente olham por seus redutos e não por nós. Portanto, buscar a nova política de forma vazia, sem procurar saber como de fato parlamentares auxiliam municípios, é um risco e um perigo. Todos nós eleitores precisamos nos atentar a essa realidade.

OUTROS ARTIGOS DE FAOUAZ TAHA

COMÉRCIO E EMPREENDEDORISMO, MEIOS DE RETOMADA

ATÉ QUANDO PRECISAREMOS DA TRAGÉDIA PARA INVESTIR?

PREVENIR TAMBÉM É CORTAR GASTOS

OUTROS OLHARES SOBRE O ENVELHECER. VENHA AO CÂMARA VIVA

ORGANIZAÇÃO PARTIDÁRIA TAMBÉM É NOVA POLÍTICA

INTOLERÂNCIA: TODOS SOMOS PARTE E PODEMOS SER DIFERENTES

Enquanto o governo federal tem ganhado novo ritmo de trabalho, também ficamos sem um meio de campo para buscar informações oficiais e reais sobre o andamento de programas e políticas nacionais que nos afetam diretamente. A ponta é quem mais sente os efeitos de uma boa ou má gestão e seria de grande valia termos a quem recorrer como ponte para nos sentirmos representados perante à União.

Que possamos refletir sobre nosso voto, nossas escolhas, com olhar atento ao que queremos e buscamos para nossa cidade e Região. De nada adianta votarmos em ‘ondas’, em conduções políticas de momento, sem que haja de fato algum retorno positivo aos nossos maiores gargalos. (Foto Joakim Honkasalo)


FAOUAZ TAHA

É vereador na Câmara de Jundiaí pelo PSDB, eleito pela primeira vez nas eleições de 2016. Tem 30 anos. Atualmente é líder do governo municipal na Casa de Leis, além de presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desporto, Lazer e Turismo do Legislativo. Nascido em Jundiaí, Faouaz é formado em Educação Física pela ESEF e tem pós-graduação em Fisiologia do Esporte pela Unifesp. Antes de ser vereador, teve experiência na gestão pública com participação na Secretaria de Esportes


VEJA VÍDEOS

EXISTE VACINA CONTRA COBREIRO. ASSISTA VÍDEO DA CLÍNICA TRIVACIN PREMIUM!

GESTANTE PODE VIAJAR DE AVIÃO? A GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD RESPONDE!

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES