26, abril , 2019
Home Chico Xavier e a Data Limite VÍDEO – 19 de maio de 1986, a NOITE OFICIAL dos OVNIs

VÍDEO – 19 de maio de 1986, a NOITE OFICIAL dos OVNIs

A noite de 19 de maio de 1986 entrou para a história da ufologia brasileira. Vinte e um OVNIs foram detectados pelos radares do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta I), com sede em Brasília. As luzes foram vistas pelo então coronel Ozíres Silva. A data é lembrada até hoje como A Noite Oficial dos OVNIs.

O avistamento durou cerca de três horas. Testemunhas observaram os OVNIs em Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. A situação chegou a tal ponto que o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro considerou a segurança de voo ameaçada, principalmente em São Paulo, onde se concentra o maior número de rotas aéreas do país, e onde os OVNIs estavam mais ativos(abaixo, vídeo publicado Rede Brasileira de Pesquisas Ufológicas/trechos de reportagens do Jornal Nacional/Fantástico).

O Alto Comando da Força Aérea Brasileira deflagrou duas operações de interceptação e perseguição dos OVNIs por caças F-5E Tiger II e Dassault Mirage III. Uma partiu da Base Aérea de Santa Cruz (RJ) e outra de Anápolis (GO).

O tenente-brigadeiro do Ar, Octávio Júlio Moreira Lima, então ministro da Aeronáutica, deu uma entrevista coletiva à imprensa, juntamente com os pilotos dos caças. Eles confirmaram os acontecimentos. Por este motivo, os eventos da noite de 19 de maio de 1986 ficaram conhecidos como a Noite Oficial dos OVNIs.

Em 25 de setembro de 2009 foi divulgado o relatório oficial da Força Aérea Brasileira sobre o caso. O texto afirma: “É de parecer deste Comando que os fenômenos são sólidos e refletem de certa forma inteligência, pela capacidade de acompanhar e manter distância dos observadores, como também voar em formação, não forçosamente tripulados.”

VEJA TAMBÉM

OPERAÇÃO PRATO MOBILIZOU FORÇA AÉREA NOS ANOS 1970

MULHER DE JUNDIAÍ DIZ QUE TEVE OLHO ARRANCADO POR ETs

GOVERNO DISPONIBILIZA MAIS DE 700 DOCUMENTOS SOBRE OVNIs

APÓS SUPOSTA ABDUÇÃO E SEXO COM ET, WLAD DIZ QUE SE SENTE VIGIADO

A SERRA DO JAPI ABRIGARIA UMA BASE PARA OVNIs?

ITUPEVA SOFREU QUATRO ONDAS UFOLÓGICAS ENTRE 1996 E 2000

Em outubro de 2015, o Arquivo Nacional disponibilizou gratuitamente 16 áudios da chamada terceira remessa do “Fundo OVNIs” (denominação para o acervo os documentos relativos à Ufologia disponibilizados através da Lei de Acesso à Informação), entre as quais constam oito gravações das conversas entre pilotos e controladores aéreos, assim como o sistema de defesa brasileiro, na noite de 19 de maio de 1986.

Nos áudios fica claro que dezenas de objetos foram captados por radar, várias vezes foram observados e perseguidos pelos pilotos, demonstrando comportamentos inusitados durante todo o episódio(texto com base no Wikipedia).

 

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.