20, abril , 2019
Home Opinião ORGANIZAÇÃO PARTIDÁRIA também é nova política

ORGANIZAÇÃO PARTIDÁRIA também é nova política

ORGANIZAÇÃO POLÍTICA

Como muitos sabem, neste ano assumi a presidência do PSDB em Jundiaí. Além de buscar renovação nas formas de dialogarmos e estreitarmos os laços do partido, acredito que seja um caminho necessário neste momento de descrença, frisarmos a importância da existência dos partidos e de seu funcionamento adequado. Organização partidária também é nova política, seja de modo financeiro independente ou pelas estruturas bem definidas entre militantes e lideranças. Como qualquer instituição, temos que respeitar a lei, para assim, sermos respeitados.

Digo isso após ter conhecimento da aprovação do texto-base, na Câmara Federal, de projeto de lei que anistia partidos políticos de multas aplicadas pela Justiça Eleitoral. A propositura ainda livra os partidos de sanções por descumprirem o porcentual mínimo de financiamento de candidaturas femininas em 2018, fixado em 30%. Ora, se queremos fazer frente ao desgaste e descrença relacionados ao sistema partidário, não podemos aceitar esse retrocesso. Os partidos, como entidades privadas, devem arcar com suas responsabilidades, sem qualquer interferência política que os privilegiem, sem essa articulação feita nas bases do parlamentarismo. Se há multa por parte de uma instância superior, houve motivos para penalização aplicada e, portanto, há razões para que sejam arcadas.

Sabemos que os partidos têm enfrentado dificuldades em financiamento, mas temos que modernizar nossa relação com quem, pela própria vontade, queira estar vinculado a uma legenda e, assim, contribuir. Temos que retomar o idealismo em princípios e, assim, incentivarmos nós mesmos a bancarmos nossa ideologia em modos práticos para a disputa de pleitos que naturalmente é importante para a existência das siglas. Temos que voltar ao espírito de seriedade da época da redemocratização, quando surgimos como agremiações para pensar de fato o Brasil que queríamos, ou seja, em que partidos foram criados com propósito, não como empresas somente.

A questão financeira é necessária como para qualquer instituição que precise se bancar, porém, se voltarmos a nos atrelar a princípios, evitaríamos a conotação comercial que se coloca hoje a algumas legendas e não levaríamos ao Legislativo uma proposta totalmente inadequada neste momento.

OUTROS ARTIGOS DE FAOUAZ TAHA

INTOLERÂNCIA: TODOS SOMOS PARTE E PODEMOS SER DIFERENTES

O QUE FALTA AO PRESIDENTE É POSTURA INSTITUCIONAL E SÉRIA

PSDB: NÃO TEMER OS ERROS E SEGUIR EM FRENTE

NOVA POLÍTICA NÃO É NEGAR AS ORIGENS E SIM APRIMORÁ-LAS

BRUMADINHO, NOSSO EMPENHO POR PUNIÇÃO NÃO PODE SER RESTRITO

O QUE SOMA À EFICIÊNCIA DAS LEIS É A INTENÇÃO DE PRATICÁ-LAS

2019, ANO DE MUDANÇAS E REDOBRADA ATENÇÃO

A população espera, como nunca, justiça e sinceridade. É o que devemos oferecer. Se houver problemas, que possamos nos regularizar e não levar à discussão na Câmara Federal que deveria, neste momento, tratar do desemprego que ainda nos aflige e das reformas, de fato, necessárias. (Ilustração: www.salesianos.com.br)


FAOUAZ TAHA

É vereador na Câmara de Jundiaí pelo PSDB, eleito pela primeira vez nas eleições de 2016. Tem 30 anos. Atualmente é líder do governo municipal na Casa de Leis, além de presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desporto, Lazer e Turismo do Legislativo. Nascido em Jundiaí, Faouaz é formado em Educação Física pela ESEF e tem pós-graduação em Fisiologia do Esporte pela Unifesp. Antes de ser vereador, teve experiência na gestão pública com participação na Secretaria de Esportes


ACESSE TAMBÉM O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.