15, novembro , 2018
Home Opinião E quando é PRECISO DESENHAR para o outro entender…

E quando é PRECISO DESENHAR para o outro entender…

O que dizer de vulnerabilidade, que não seja teórico? Acredito que esta semana está se tornando um momento memorável de minha vida, em que passo das teorizações para a vivencia: já senti ódio, aflição, desespero, loucura, solidão, comiseração, empatia, muita antipatia, mas vivi integralmente o sentido lato e estrito da palavra vulnerabilidade. E, por incrível que possa parecer, num momento assim é preciso desenhar para que o outro entenda a minha situação…


Saio da sala de uma cirurgia de três horas e pouco para uma UTI moderna, ampla, confortável, limpa, controlada, higienizada. Mas uma UTI. Sou recebido pelo meu médico, por visitas, por médicos intensivistas, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem dóceis, prestativos e esclarecidos o suficiente para meu bem-estar. Mas estou numa UTI.

Com estimativa de ficar apenas 48, ou 36 ou 24 ou 12 horas, passo longos e desesperados três dias neste hotel cinco estrelas. Mas numa UTI. Vou ao apartamento, recebo medicação a cada segundo, sempre sendo informado de que se tratava de X para aquilo, de Y para aquilo outro, de W para outra coisa, ainda.  Dentro do ambiente hospitalar.

Até que recebo a notícia: você está em alta. Logo vai para sua casa. Naquele instante percebi o que é aquilo que aprendi na teoria sobre a Síndrome de Estocolmo: não queria vir pra casa. Lá eu estava seguro, cuidado, observado, guardado, sem perigos.

Mas, vim. Vim por em prática a minha autonomia, minha liberdade, minha conduta sobre minha Vida. Que horrível. Que sofrimento. O corte doía, queimava, latejava, raspava, impedia me locomover, virar e me sentar. As visitas chegavam e ficavam uma hora, duas horas conversando e eu sem condições de respirar ou de me virar na cadeira e o infeliz me olhando e dizendo: como você está bem…e eu dizendo: vaza filho do capeta. Sai Satanás.

OUTROS ARTIGOS DE AFONSO MACHADO

COMO SERÁ O AMANHÃ?

QUE PAÍS É ESTE?

SOMOS AS ESCOLHAS QUE FAZEMOS

O SIMBÓLICO MUNDO DOS LIVROS

PARA QUE SOFRER ASSIM?

Alguém quer saber o que é vulnerabilidade? Vulnerabilidade é isso: ter tudo e não ter nada, estar rodeado de pessoas que não percebem seus limites, seus drenos, seus cortes, suas dores e seus temores. Vulnerabilidade é coisa de educação emocional e e de empatia, que apenas os agraciados por uma força superior conseguem ser capazes de desenvolver e  aplicar. Até pessoas íntimas e da convivência diária se perdem e confundem os propósitos: insistem em visitar e insistem em ser úteis, quando o cidadão só quer estar vivo e sozinho com seus limites.

Aprendi e, tão logo retorne à UNESP, vou dar uma aula sobre este tema. Uma aula prática, explicativa e direta. Uma aula que dispense comentários e indignações. E, garanto: aprendi a viver. Vou refazer meu núcleo secundário de agregados, porque as experiências foram cruéis: temos muita gente insensata e inconveniente ao nosso lado, que não se limitam a torcer pelo outro…têm que atormentar. Para hoje está bom. (Foto: Youtube)


AFONSO ANTÔNIO MACHADO

É docente e coordenador do LEPESPE, Laboratório de Estudos e Pesquisas em Psicologia do Esporte, da UNESP. Mestre e Doutor pela UNICAMP, livre docente em Psicologia do Esporte, pela UNESP, graduando em Psicologia, editor-chefe do Brazilian Journal of Sport Psychology.

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments