REGIÃO voltará à Fase Laranja: Saiba horários de funcionamento

região voltará à Fase Laranja

Com a mudança para a Fase Laranja do Plano São Paulo, anunciada pelo Governo do Estado, comércios de Jundiaí têm mudança de horário a partir da próxima segunda-feira (1). Além disso, nesta sexta-feira (26) entrou e, vigor o Toque de Restrição, entre 23 às 5h. Para regulamentar as mudanças na cidade, a Prefeitura de Jundiaí publicou o Decreto Municipal 29.776, de 26 de fevereiro. Toda região voltará à Fase Laranja. Assim como Jundiaí, Várzea, Campo Limpo Paulista, Jarinu, Itupeva, Louveira e Cabreúva fazem parte da Região de Saúde de Campinas.

Neste estágio do Plano São Paulo, restaurantes, comércios, shoppings, galerias, lojas de conveniência, salões de beleza e academias podem funcionar das 6h às 20h, de segunda à sexta-feira, com 40% de capacidade de ocupação em todos os setores e funcionamento de no máximo 8 horas por dia. Bares com atendimento presencial não podem abrir. Escolas públicas e particulares podem funcionar seguindo os protocolos já estabelecidos. Atividades culturais como cinema e teatro podem funcionar. Eventos que geram aglomeração, como festas, baladas e shows continuam proibidos.

No caso do Toque de Restrição, das 23h às 5h só poderão funcionar serviços essenciais, como postos de gasolina, transporte público, supermercados e farmácias. A orientação do Plano São Paulo tem por objetivo conter o avanço da pandemia em todo o Estado, já que em algumas regiões os números de novos casos e internações tiveram crescimento expressivo.

Mais leitos – Apesar de a cidade manter, nas últimas quatro semanas, a taxa de 50 novas internações semanais, a Prefeitura de Jundiaí e o Hospital São Vicente de Paulo (HSV), organizam a estrutura para a abertura de novos 16 leitos híbridos de enfermaria exclusivos para os pacientes suspeitos ou positivos para Covid-19, ou seja, crescimento de 19% em relação ao quadro atual. A medida é preventiva. O incremento será realizado assim que identificada a necessidade no cenário epidemiológico local.

O coordenador geral do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) e prefeito Luiz Fernando Machado, salienta a importância de a cidade contar com plano estratégico específico para a pandemia. “Com planejamento e antecipação aos cenários, Jundiaí enfrentou o primeiro pico da doença não deixando ninguém para trás. A mesma capacidade de ampliação que a cidade teve anteriormente, terá agora”, comenta.

Até esta sexta-feira, dia em que o Governo do Estado anunciou que toda região voltará à Fase Laranja, Jundiaí contabilizava 82 leitos públicos exclusivos para o uso Covid-19, no HSV, sendo 62 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 de enfermaria. Com o acréscimo, serão 36 leitos de enfermaria híbridos, ou seja, que a qualquer momento podem ser transformados em leitos de alta complexidade. “Jundiaí acresce o número de leitos de acordo com a necessidade do cenário. Nas últimas quatro semanas, a média de internações é de 50 solicitações, não apresentando crescimento”, comenta o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera.

Campo Limpo – O secretário de Educação de Campo Limpo Paulista anunciou através de redes sociais da Prefeitura, o adiamento do retorno das aulas híbridas – que estava marcada para esta segunda, 1º de março. O aumento dos casos de Covid em todo o Estado de São Paulo serviu de alerta para os educadores que optaram por aguardar, mantendo assim, as aulas virtuais.

A Secretaria de Educação está trabalhando para garantir o acesso de todos os estudantes às aulas durante esse ano de 2021, mesmo durante a nova onda de pandemia. O modelo virtual deverá ser adotado. Quem não tiver acesso à internet receberá as atividades impressas.

Atendimento para famílias vítimas da chuva – Equipes da Prefeitura de Jundiaí estiveram, na noite desta sexta-feira (26), no Vetor Oeste, para prestar atendimento emergencial aos moradores. Por conta das fortes chuvas do fim do dia e do grande volume de água em curto espaço de tempo, algumas casas foram invadidas pelas águas. As vistorias foram realizadas no início da noite, pelas equipes da Defesa Civil e a limpeza da vias feita pelas equipes da  Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços (UGISP). O local exato não foi informado.

A Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) também participou da ação e fez a entrega de colchões, cestas básicas e kit limpeza para duas famílias que tiveram perdas materiais. Os moradores foram encaminhados para a casa de familiares. As demais casas que foram atingidas pelas águas receberam a limpeza e desinfecção dos imóveis realizada pelas equipes da DAE.

As equipes da Fundação Municipal de Ação  Social (Fumas) estarão na manhã deste sábado (27), para fazer avaliação da necessidade de entrega de materiais e mão de obra para a recomposição das avarias. Até às 22 horas, além dessas ocorrências, foram registradas três quedas de árvores nos bairros Jardim Samambaia, Medeiros e Fernandes.

Em caso de emergência, a Defesa Civil pode ser acionada pelos telefones 199 ou 4586-0666. O órgão orienta que em caso de fortes chuvas, ventos e descargas elétricas, as pessoas devem evitar sair de casa, desligar aparelhos eletrônicos das tomadas e se estiverem no trânsito ou na rua, buscar abrigo em locais seguros.

VEJA TAMBÉM

ESTRIAS NA GESTAÇÃO? ASSISTA AO VÍDEO DA GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI