REGRAS DE ETIQUETA x coronavírus. Consultora dá dicas!

REGRAS DE ETIQUETA

A consultora Luciana Pelliciari lembra hoje algumas regras de etiqueta no trabalho. Aliás, durante a pandemia de coronavírus tem muita gente trabalhando em casa. Então, há agora uma nova regra de entique se você quiser conversar com alguém nesta situação. Assista ao vídeo para saber…

LUCIANA PELLICIARI

Profissional da área de Moda. Desde 1991 atua como Consultora de Moda, Designer, Compradora e Estilista. Professora e gerente de desenvolvimento de produtos de Moda Íntima. Realiza palestras e cursos sobre Marketing Pessoal. Desde 2016 atua com Consultoria de Moda Masculina. Especializada pela Anhembi Morumbi, Senac e IED. WhatsApp 11 999571091 – Instagram: @likeamanconsultoria – Facebook: Luciana Pelliciari Consultoria Especializada(Foto: opas.org.br)

QUATRO REGRAS DE ETIQUETA PRA QUEM TRABALHA

1. Mostre que você se importa – Esta é uma das regras de etiqueta que vale como princípio geral às mais diversas situações cotidianas. A pontualidade é o primeiro exemplo. Quando você chega no horário combinado de um almoço ou reunião, por exemplo, prova que tem empatia, credibilidade, que está comprometido com o outro. O mesmo vale para a comunicação com clientes, chefes e colegas. Se você recebe um e-mail ou telefonema, é fundamental dar algum tipo de retorno, ainda que não seja com a resposta ou solução final esperada pelo interlocutor. A pior alternativa é ignorar as mensagens ou não dar uma devolutiva prometida. Ninguém gosta de falar sozinho.

2. Lembre que o espaço é compartilhadoEscritórios sem paredes são cada vez mais comuns, o que proíbe certas atitudes perfeitamente inofensivas em outros contextos. Você pode afetar a concentração dos seus colegas se comer um lanche com odor forte ou passar esmalte nas unhas, por exemplo. O nível de ruído é outro ponto de atenção. Evite conversar muito alto ou deixar que a música escape dos seus fones de ouvido. Isso não significa que o ambiente precise ter a atmosfera de um monastério: os sons são perfeitamente admissíveis, e até desejáveis, mas o nível de decibéis não pode chegar ao ponto de atrapalhar uma pessoa que queira se concentrar.

3. Não aja como se a internet fosse um mundo à parte – A facilidade de conversar com a ajuda da tecnologia tem criado muitas distorções, mal-entendidos e grosserias nem sempre intencionais, dizem as especialistas. Mandar e-mails ou mensagens de celular fora do horário de expediente, publicar fotos inadequadas no Facebook ou compartilhar piadas de gosto duvidoso em grupos de trabalho no WhatsApp, por exemplo, são erros cada vez mais comuns. O bom senso também vale para as discussões nas redes sociais sobre assuntos polêmicos, como política. Dentro ou fora da internet, é preciso manter uma postura elegante e respeitar as divergências.

4. Saiba a hora de ouvir, falar e calar – Você não tira os olhos do celular enquanto conversa com um colega? Desenvolve verdadeiros monólogos em reuniões ou almoços de negócios? Talvez seja preciso repensar o espaço da escuta no seu dia a dia. Ter consciência dos momentos em que é preciso expor a sua opinião ou fazer perguntas é igualmente importante. Antes do início de uma reunião, por exemplo, é necessário sair do “casulo” e ter conversas informais com quem está está sentado ao seu lado.(Texto: Revista Exame)

VEJA TAMBÉM

CIRURGIA PLÁSTICA E AMAMENTAÇÃO COMBINAM? VEJA O VÍDEO DA GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD

RESTAURANTES NO EXTERIOR. COM FISK DA RUA DO RETIRO NÃO TEM ERRO. CLIQUE AQUI E ASSISTA VÍDEO

OS 103 ANOS DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI