Definitivamente, sou do SÉCULO PASSADO

SÉCULO PASSADO

Não é fácil constatar que estamos envelhecendo  e a natureza não nos deixa esquecer esse fato irreversível em nossas vidas. A pele fica flácida, a memória falha, o fôlego falta, os ossos estalam feito biscoito. Melhor idade?! Ah, fala sério…  O único alento para quem consegue chegar nesta idade é exatamente chegar nesta idade. Seja de que jeito for. E aí, a conclusão é só uma: definitivamente eu sou do século passado.

Mas pior do que encarar a passagem do tempo é ter de conviver com a idolatria da juventude. A gente sabe que está ficando velho quando fala com um adolescente e ele corre para pesquisar no Google. Essa geração de hoje nunca usou um telefone com fio, não sabe para que serve um ficha de orelhão (e o que é orelhão, tia?). Nem imagina que as pessoas só se correspondiam por carta, que era escrita à mão.

Confesso que o mundo ficou muito mais fácil com as novas ferramentas virtuais e a Internet, mas para quem nasceu no século passado, se adequar aos novos tempos é um desafio diário. E não é para menos. Na minha infância aprendi a escrever com letra cursiva, a ter caligrafia impecável. Hoje nem escrevemos, só no teclado. E ainda as palavras são abreviadas por siglas que foram tiradas do dicionário do capeta. Digitam vc em vez de você só para economizar duas vogais. Saudade virou sdd; verdade, vdd e fica a dica fikdik. Isso só pode ser brinks (brincadeira…).

OUTROS ARTIGOS DE VÂNIA ROSÃO

CASO NEYMAR COMPROVA: SER HUMANO ADORA UM BARRACO

CONGONHAS É A SAÍDA

OLHANDO PARA O PRÓPRIO UMBIGO

APESAR DO TEMPO, ROUPA SUJA CONTINUA SE LAVANDO EM CASA

PRIMEIRA-DAMA QUE FAZ DIFERENÇA. ESPERAMOS…

A TRAGÉDIA DE BRUMADINHO

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER GANHA PODEROSA FERRAMENTA: A WEB

HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DA FAROFA

Não sou contra o novo, ao contrário, como disse antes, o mundo ficou muito melhor com as inovações tecnológicas conquistadas nos últimos 20 anos. A dificuldade está na transição e eu faço parte do grupo que precisa se atualizar diariamente. Mas nem sempre é fácil acompanhar a agilidade mental de duas filhas adolescente, por exemplo, que já nasceram sabendo navegar pela Internet e a usar as redes sociais como quem troca de roupa. Se antes eu acompanhava as duas nos deveres de casa, hoje são elas que me dão aula quando preciso usar a web e entender o novo dialeto virtual, o “internetês”.

Por tudo isso, aquela conhecida expressão “quem fica parado é poste” faz muito sentido nos tempos atuais. Não importa a idade, é necessário sempre estar em dia com o novo. Como disse o compositor Arnaldo Antunes numa de suas canções, “a coisa mais moderna que existe, nesta vida, é envelhecer…” . Vdd, com ctz (verdade, com certeza, rsrs). Foto: TECLA’S – WordPress.com


VÂNIA ROSÃO

Formada em jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero. Trabalhou em jornal diário, revista, rádio e agora aventura-se na internet.

 


VEJA VÍDEOS

QUAL É O MELHOR ANTICONCEPCIONAL? A GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD EXPLICA!

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA, 102 ANOS

UM TERÇO DA VIDA DE DANIEL FOI NO ROSA

“O ROSA FOI A BASE PARA MINHA PROFISSÃO”, AFIRMA RENAN

PROJETO INTEGRADOR AJUDA AMANI NA FACULDADE

KAUÊ FEZ PUBLICIDADE NO ROSA E AGORA TRABALHA NA NESCAU

UMA FAMÍLIA QUE COMEÇOU E CONTINUA LIGADA À ESCOLA LUIZ ROSA

JÚLIA, DO CURSO DE PUBLICIDADE PARA O MACKENZIE

CONJUNTO DE CIRCUNSTÂNCIAS RESULTAM EM INOVAÇÕES NA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

TEATRO ESTUDANTIL ROSA, O INÍCIO DA CARREIRA DO ATOR CARLOS MARIANO

CONHEÇA A HISTÓRIA DA ESCOLA MAIS TRADICIONAL E – AO MESMO TEMPO – MAIS INOVADORA DE JUNDIAÍ!

JOSÉ MAURO LORENCINI FOI ALUNO, PROFESSOR E PRESTADOR DE SERVIÇO

FERNANDO COSTA E SILVA, O EX-PROFESSOR QUE APRENDEU A SUPERAR LIMITES