SUSTENTABILIDADE: As quatro profissões mais cotadas

sustentabilidade

As profissões associadas à preservação e cuidado com o meio ambiente estão em alta. Atualmente, a sustentabilidade é uma das áreas que mais cresce no mercado de trabalho. E os cursos acompanham esta tendência de crescimento. Analista de Sustentabilidade, especialista em Construções Sustentáveis, em Energia Renovável e Gerente de Investimentos Sustentáveis são algumas das funções ligadas ao mercado verde.

Cada vez mais, a sociedade tem se preocupado com as questões ambientais, sendo este um fator decisivo na hora de adquirir determinado produto ou serviço. Por conta disso, as empresas estão mais atentas a essas questões. Com o mercado mais aquecido, algumas profissões voltadas para a sustentabilidade estão obtendo cada vez mais destaque. Além dos cursos que surgiram para dar conta das necessidades do setor ambiental, as profissões mais tradicionais estão se adequando à nova realidade e agregando novos campos para atender as demandas. Algumas profissões tradicionais, como a de urbanista, foram repaginadas para serem capazes de aplicar a sustentabilidade ao desenvolvimento das cidades.

Confira lista de carreiras que estão em alta na área de sustentabilidade:

Física – A graduação em Física prepara o estudante para aplicar as leis da física para solução de questões práticas e do cotidiano. A profissão tem sido uma das mais requisitadas quando se fala em sustentabilidade.

Neste segmento, os físicos são responsáveis por pensar em energias não-poluentes. É possível atuar em sistemas de transporte, utilização de energias limpas e distribuição. Outra possibilidade de trabalhar na física ambiental é desenvolver estudos sobre as propriedades físicas que possam estar relacionadas às mudanças climáticas no mundo, além de avaliar a degradação do solo. 

Engenharia – A área de engenharia é bastante ampla. São 34 cursos que abordam o segmento e muitos deles estão ligados à sustentabilidade, como é o caso da Engenharia Ambiental. Os engenheiros ambientais podem trabalhar com projeto de conservação e recuperação de recursos naturais e avaliação dos impactos da ação humana.

Engenheiros de outras áreas podem atuar em questões relacionadas a sustentabilidade, sendo responsáveis por desenvolver projetos de veículos elétricos, construção de cidades inteligentes e tecnologia verde. 

Direito – O curso de Direito proporciona aos seus profissionais diferentes possibilidades de atuação. No meio da sustentabilidade e economia verde, o advogado pode trabalhar com questões de regulamentação da atuação da empresa no meio ambiente. 

Uma especialização em Direito Ambiental, por exemplo, capacita o profissional sobre a legislação ambiental brasileira e suas atualizações, qualificando-o para atuar em prol do equilíbrio entre os interesses ecológicos, econômicos e sociais. 

Geografia – A formação em Geografia, de um modo geral, já proporciona uma boa base para quem pretende trabalhar com sustentabilidade. O curso aborda a geografia física – relevo, vegetação e clima – além disso, também analisa as relações das populações com o ambiente. 

Com esses conhecimentos, estará apto para atuar em prol da redução do impacto ambiental. O profissional pode auxiliar na elaboração de planos diretores de municípios e avaliar os impactos das atividades produtivas no ambiente e no clima global. Fonte: E+B Educação | Gabriele Silva(Agência Educa Mais Brasil)

VEJA TAMBÉM

PRÉ-NATAL: EXAMES EVOLUÍRAM MUITO, DIZ GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD

FISK DA RUA DO RETIRO: SAIBA O QUE SÃO QUESTIONS WORDS. CLIQUE AQUI

OS 103 ANOS DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI