14, dezembro , 2018
Home Política TUCANOS IRONIZAM vídeo de Bigardi sobre UPA do Vetor Oeste

TUCANOS IRONIZAM vídeo de Bigardi sobre UPA do Vetor Oeste

O vídeo que o ex-prefeito Pedro Bigardi (PDT) divulgou sobre a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vetor Oeste, neste sábado(1º), foi ironizado pelos tucanos que administram Jundiaí. Em 1 minuto e 34 segundos, Bigardi relembra como foram as tratativas com o Governo Federal para a construção da unidade e se diz muito orgulhoso de vê-la sendo inaugurada(ver vídeo abaixo). O Jundiaí Agora conversou com dois integrantes da administração. Eles foram bastante ‘ácidos’ ao comentarem o vídeo. Uma nota oficial foi divulgada no início da noite(em destaque, abaixo).

Um dos membros do PSDB usou o velho exemplo do pai biológico e do pai adotivo. “Pai é quem cria? Ou, neste caso, quem faz(ou constrói)?”, perguntou. A fonte lembrou que um prédio sem funcionamento é um elefante branco(obra sem utilidade). Fazer com que ele funcione, “com investimento de R$ 1.200 milhão por mês” é que é gestão. Isto é administração”, ironizou.

Outro tucano foi ainda mais enfático. “Ele(Bigardi) está morto politicamente. Os 12 mil votos que ele fez nas últimas eleições, quando candidatou-se a deputado estadual, foram uma piada. Não daremos uma sobrevida para ele respondendo a este vídeo”.

Bigardi – O ex-prefeito, ao ser questionado sobre os comentários dos tucanos, afirmou que “está  comemorando o funcionamento da UPA, essencial para a saúde dos cidadãos do Vetor Oeste e é uma das marcas do nosso governo. É a maior obra de saúde feita pelo município nos últimos 15 anos, graças à nossa administração”.
Quanto à política eleitoral, “em que pese a minha derrota eleitoral (e dos demais candidatos da cidade), me sinto tranquilo pois compreendo o momento político no Brasil”. Ele afirma que na região oeste de Jundiaí(Varjão, Almerinda Chaves, Residencial Jundiaí, bairro do Poste e Tulipas) teria sido o mais votado dentre os candidatos a deputado estadual da cidade. “Tenho uma relação de muito carinho com o Vetor Oeste”, concluiu.

Fogo amigo – O pior é que Pedro Bigardi não pode nem argumentar que são apenas seus opositores tentando desmoralizá-lo. Ele foi vítima de fogo amigo em junho deste ano, quando – ao vivo – o Jundiaí Agora entrevistou o secretário estadual de Turismo, Junior Aprillanti, que foi secretário de obras do ex-prefeito.

Ao ser questionado sobre as constantes críticas que a atual administração fez ao assumir, afirmando que Jundiaí estava com os cofres vazios, Aprillanti concordou com os tucanos. “Eu alertei o Pedro sobre estas obras(UPAs). Sempre dizia que construir é fácil. O problema é ter recursos para fazê-las atender a população”, explicou. 

Outro motivo de irritação dos tucanos, o aumento de custeio na gestão passada, também foi relembrado pelo atual secretário de turismo que deverá, em dezembro, voltar para a Assembleia Legislativa de São Paulo para completar o mandato de deputado estadual. “Sempre fui contrário ao aumento do custeio. Eu alertei o ex-prefeito sobre os efeitos negativos que os aumentos de salários aos procuradores da Prefeitura trariam já que outras categorias iram querer também. Não fui ouvido”, concluiu Aprillanti.




Na noite de ontem, a assessoria de imprensa da Prefeitura divulgou uma nota oficial a respeito do vídeo:

A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) informa que a entrega da Clínica da Família e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24H) Vetor Oeste, que acontece neste sábado (1), só foi possível por conta da organização e do planejamento financeiro feito pela atual gestão. 

Em 1 de janeiro de 2017, o prédio, construído na gestão passada, não contava com previsão orçamentária para ser colocado em funcionamento. O projeto anterior, que abrigaria apenas o atendimento de urgência e emergência, com exames, consultas num prédio de mais de 2,5 mil metros quadrados, foi então readequado para proporcionar maior resolutividade e eficiência para toda a população, incluindo a atenção básica – para a promoção da saúde -, a partir da Clínica da Família.

O custo para manter a UPA Vetor Oeste, com os serviços da Organização Social de Saúde (OSS) Gamp, será totalmente arcado pela Prefeitura de Jundiaí. O investimento anual será de R$ 14.912.360,52. A OS foi selecionada após criterioso processo, que superou vários obstáculos impostos por ações judiciais de pessoas não relacionadas ao certame, além de questionamentos judiciais. Pelo edital ter sido elaborado primando não somente pelo menor preço, como pela qualidade no atendimento a ser oferecido à população, todas as pendências foram superadas. Já a Clínica da Família, que será administrada e mantida financeiramente pela Prefeitura Municipal, tem custo mensal estimado em R$ 400 mil. 

Neste sábado será entregue o modelo inovador de atendimento, com atividades que se complementam (atenção básica e urgência e emergência) para garantir aos mais de 40 mil moradores do Novo Horizonte 1 e 2, Residencial Jundiaí 1 e 2, Almerinda Chaves e CDHU uma Clínica da Família com resolutividade de até 80%, – com atendimento em Estratégia de Saúde da Família (ESF) com oito equipes completas -, e uma UPA 24h  – para toda a região Oeste da cidade – com atendimento clínico, pediátrico e ortopédico, especialidade que é diferencial no escopo de atendimento de equipamentos do Porte II, com resolutividade de 95%.

Os benefícios do modelo adotado para os dois serviços complementares impactarão em toda a cidade, já que o incremento dos exames de análises clínicas (5.590), ultrassons (1 mil), raio-x (2 mil) e eletrocardiogramas (360) refletem na oferta geral, já que a população que for atendida na Clínica da Família e na UPA Vetor Oeste não necessitará se deslocar para outras regiões para ter sua demanda em saúde atendida.




Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments