Várzea Paulista também completa 55 neste sábado(21). Assim como Campo Limpo Paulista e Itupeva, a cidade foi bairro de Jundiaí até 1965, quando foi emancipada politicamente. Vamos voltar ao passado e ver como Várzea era. A foto principal, acima, mostra a principal avenida da cidade, a Fernão Dias Paes Leme. Quanta diferença, não é mesmo???

1960

Cerâmicas Reunidas Brasil: neste lugar foi construída a Prefeitura de Várzea
1° Igreja Batista Betel, na avenida a Fernão Dias Paes Leme

1970

A estação de trem não mudou muito(Foto: www.estacoesferroviarias.com.br)
Eleikeiroz: quem se lembra do cheirinho que saia das chaminés nesta época?

1990

A HISTÓRIA DE VÁRZEA PAULISTA

Em 1964, um grupo de varzinos, formado por Francisco de Assis Andrade, João Aprillanti, Armando Pastre, Victorino Vieira Santana, Antenor Fonseca, Benjamin de Castro Fagundes, Milton Lebrão, Otávio Félix e Farid Feres Sada se reuniu para requerer a emancipação político-administrativa do local. A Assembléia Legislativa de São Paulo deu início ao movimento de emancipação por meio da lei estadual 5820.

No dia 21 de março de 1965 o bairro foi elevado a município de Várzea Paulista. O Paulista no nome da cidade surgiu como identificador de mais uma conquista dos bandeirantes.

A boa localização junto à estrada de ferro e o pioneirismo econômico renderam à Várzea Paulista uma situação privilegiada em relação à quantidade de indústrias instaladas. A partir da emancipação e até aproximadamente 1972, ocorre a organização da estrutura administrativa da Prefeitura recém instalada, cadastrando as propriedades imobiliárias, as fábricas e casas comerciais para o lançamento de impostos.

Também tem início o alargamento de ruas e assentamento de guias e sarjetas. Com o passar do tempo, começa o serviço de saúde e a construção do primeiro conjunto habitacional, edificando dezenas de unidades no bairro da Promeca. Foram também adquiridos, através de desapropriação, os galpões do atual Paço Municipal. Criaram-se mecanismos para aumentar o parque industrial, atraindo as primeiras fábricas da Várzea Paulista emancipada, como a Elekeiroz, que em 1923, adquiriu um terreno para construção de sua fábrica. Fonte: site da Prefeitura de Várzea.

VEJA TAMBÉM

SAIBA O QUE PODE CAUSA CANDIDÍASE NESTE VERÃO. CLIQUE AQUI E ASSISTA AO VÍDEO

NA FISK DA VILA VIRGÍNIA, NA RUA DO RETIRO, PARCERIA ESPECIAL COM A CDL

VEJA COMO FOI A 103ª FORMATURA DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI