VULNERÁVEIS: Em cinco meses Jundiaí já tem 18 estupros

VULNERÁVEIS

Mais cinco casos de estupros foram registrados em Jundiaí apenas no mês de maio passado. Três deles foram praticados contra menores de 14 anos, os estupros de vulneráveis. Os números são da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo e revelam que, entre janeiro e maio deste ano, 29 boletins de ocorrência de violência sexual foram anotados pela polícia da cidade. Destes, 18 foram estupros de vulneráveis, seguindo uma tendência verificada em todo o Estado de São Paulo, com quase três vezes mais casos do tipo.

Segundo a SSP, nos primeiros cinco meses do ano, 3.133 boletins de ocorrência de abusos sexuais contra menores de 14 anos foram registrados, contra 1.101 relacionados a pessoas com idade superior. Em Jundiaí, do total de 29 boletins de ocorrência, sete foram anotados em janeiro, oito em fevereiro, quatro em março, cinco em abril e cinco em maio.

Apenas em abril a quantidade de abusos sexuais contra pessoas com mais de 14 anos superou os de vulneráveis, que chegaram a cinco em janeiro, cinco em fevereiro, três em março, dois em abril e três em maio.

No mesmo período do ano passado, os abusos sexuais, como um todo, totalizaram 53 boletins de ocorrência, com 37 de vulnerável. O número deixou em alerta a polícia e profissionais da área, uma vez que, segundo constatação a partir dos registros policiais, muitos dos acusados eram os próprios pais, tios ou padrastos das vítimas.

Unidade especializada da Polícia Civil, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí realizou diversas operações que culminaram na prisão desses abusadores. As detenções, segundo a própria DDM, encorajou muitas mães a denunciarem seus companheiros, e não somente colocá-los para fora de casa.

Já as condenações foram as mais variadas, com o crime de estupro de vulnerável prevendo pena de reclusão, de oito a 15 anos, ao autor de “conjunção carnal” ou prática de “outro ato libidinoso com menor de 14 anos.(Texto: Geraldo Dias Netto/Foto: Pixabay-contextoexato.com.br)

VEJA TAMBÉM

GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD FALA SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS VACINAS NO PRÉ-NATAL.

OS 103 ANOS DA ESCOLA PROFESSOR LUIZ ROSA

NA FISK DA RUA DO RETIRO TEM CURSO DE LOGÍSTICA

ACESSE O FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI