Governador e Bia Doria entregarão cestas básicas em Jundiaí, nesta 5ª

bia doria

O governador João Doria e a primeira-dama do Estado, Bia Doria, virão a Jundiaí na manhã desta quinta-feira(10), segundo o site do Governo de São Paulo. Eles entregarão cestas básicas do Programa Alimento Solidário a moradores do Jardim Shangai. Também participarão da liberação para execução de estradas vicinas. Bia, esposa do governador João Doria, é presidente do Conselho do Fundo Social do Estado. Além dela virão à cidade o presidente do Fundo Social, Fernando Chucre; o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

A visita de João Doria, primeira-dama e secretários está prevista para começar às 11h30. A comitiva deverá ficar na cidade até às 12h15 e será acompanhada pelo prefeito Luiz Fernando Machado.

O evento do Alimento Solidário acontecerá no Terminal Intermodal, na avenida Antônio Frederico Ozanam, 1805. O texto do Governo não divulga quais estradas vicinais passarão por obras. Recentemente, foi divulgado que a Marginal do Rio Jundiaí e a Estrada da Uva serão reformadas.

Programa – O Alimento Solidário foi anunciado no início de maio e é destinado à população de baixa renda no enfrentamento da pandemia do coronavírus. A ação visa entregar 1 milhão de cestas de alimentos a pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social, nos 645 municípios do Estado.

“O Alimento Solidário é o programa do Governo de SP que vai distribuir 1 milhão de cestas de alimentos a 4 milhões de pessoas em situação de pobreza. Todo o investimento para essas cestas, de mais de R$ 100 milhões, vem do setor privado. É uma contribuição de 48 dirigentes, de empresas brasileiras e internacionais, solidários com os que mais precisam neste momento”, destacou o governador na época.

O projeto Alimento Solidário foi articulado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, com apoio do Fundo Social de São Paulo, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Invest-SP.

A intenção é levar alimento a todas as famílias cadastradas no CadÚnico (cadastro federal oficial para inclusão em programas de assistência social e transferências de renda), que possuem renda de até R$ 89 per capita mensal. Para receber a cesta, o beneficiário deverá apresentar o Número de Identificação Social (NIS).

A distribuição das cestas será feita com apoio da Rede de Assistência Social Municipal e das Diretorias Regionais de Assistência Social. O programa tem, segundo o governo, ampla capilaridade com pontos de distribuição nos bairros das famílias beneficiadas.

A cesta de alimentos foi elaborada em parceria com a equipe de nutricionistas do Hospital Israelita Albert Einstein, liderada pela nutricionista Luci Uzelin. A caixa contém sete fontes de proteínas diferentes (feijão, lentilha, leite em pó, sardinha, charque, linguiça e ervilha), além de outros produtos (como arroz, farinha, macarrão e biscoitos, entre outros) suficientes para a alimentação de uma família de quatro pessoas por um mês.(Atualizada às 12h10)

VEJA TAMBÉM:

PARTO NORMAL: O QUE FAZER COM A LACERAÇÃO. A GINECOLOGISTA LUCIANE WOOD EXPLICA

ACESSE FACEBOOK DO JUNDIAÍ AGORA: NOTÍCIAS, DIVERSÃO E PROMOÇÕES

PRECISANDO DE BOLSA DE ESTUDOS? O JUNDIAÍ AGORA VAI AJUDAR VOCÊ. É SÓ CLICAR AQUI