Ligabó entrega ao prefeito primeiro volume de MAPEAMENTO de UBSs

O vereador Wagner Ligabó (PPS) entregou ao prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB), nesta manhã (22), o primeiro dos quatro volumes do mapeamento das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Jundiaí, que seu gabinete está realizando desde fevereiro. O mapeamento completo, com as 37 Unidades Básicas de Saúde, deverá estar pronto até o fim do ano.

Nesta primeira etapa o material analisa dez postos de saúde da Regional 3: Caxambu, Colônia, Ivoturucaia, Jundiaí Mirim, Rio Acima, Rui Barbosa, São Camilo, Tamoio, Tarumã e Vila Aparecida.

Durante quase três meses, o vereador conversou com gerentes e usuários destas dez unidades. Junto com os gestores observou os problemas e soluções apontadas em cada posto. E fez uma análise sobre as UBSs visitadas.


LEIA O RELATÓRIO COMPLETO (CLIQUE NA PRIMEIRA PÁGINA E ARRASTE O CURSOR PARA BAIXO)


Sem data marcada, o gabinete do parlamentar aplicou uma entrevista com 14 perguntas a 297 pacientes destas UBSs, com questões sobre a qualidade do atendimento, desde recepção ao médico e odontológico, tempo de espera para consultas, higiene e outros.

O documento, por exemplo, aponta a necessidade urgente de se implantar prontuários eletrônicos, projeto que a Plataforma de Gestão de Saúde planeja colocar em prática no próximo ano. Ou de se expandir os serviços de PSF (Programa de Saúde da Família) a todas UBSs.

O relatório ainda cita a necessidade de construção de novas unidades no Ivoturucaia, Jundiaí Mirim e Rio Acima, pois os prédios atuais são inapropriados para serviço médico ou estão sem espaço para expansão.
E também mostra que cada unidade encontrou soluções próprias, muitas em conjunto com a sua comunidade, para melhorar o atendimento e que podem ser usadas em toda a rede.

“O objetivo deste mapeamento não é o de fazer uma caça às bruxas, mas sim agregar valor ao município. Pois melhorando o cuidado primário com a saúde vamos conseguir desafogar os hospitais, além de dar mais qualidade de vida das pessoas”, afirma Ligabó, que é médico cirurgião cardíaco.

MAPEAMENTO

O relatório também foi entregue ao gestor de Saúde, Vagner Vilela (foto acima), e ao vereador Valdeci Vilar Mateus (PTB), presidente da Comissão de Saúde, Assistência Social e Previdência, da Câmara Municipal.

“Vamos olhar esse documento com cuidado, pois é importante a análise de um médico, como o Ligabó, aos serviços de saúde do município”, afirmou o prefeito Luiz Fernando, após receber o relatório em seu gabinete.