Se vereadores seguirem a PAUTA, próxima sessão será morna

Se nada ocorrer alterando a pauta da próxima sessão da Câmara Municipal de Jundiaí, terça-feira(17), o trabalho dos vereadores será bem tranquilo. Nenhum projeto polêmico será votado.

A sessão começará com um projeto de lei complementar de Wagner Ligabó que altera o Código de Obras e Edificações para prever, em agências bancárias, caixas eletrônicos adaptados. Paulo Sérgio Martins apresentará projeto prevendo divulgação dos direitos da pessoa portadora de neoplasia maligna.

A alteração de lei que exige autorização para atos de deformação viária pelas empresas concessionárias de serviços públicos, para ampliar o seu alcance e acrescentar medidas de segurança, será o projeto de Edicarlos Vieira para esta sessão.

A criação e inclusão do Dia Municipal de Prevenção ao Diabetes(14 de novembro) no Calendário Municipal de Eventos é a proposta de Arnaldo Ferreira de Moraes. Antônio Albino quer a instituição, na rede municipal de ensino, do Programa de Prevenção ao Álcool e outros Entorpecentes.

LEIA

PDT REALIZARÁ ENCONTRO EM JUNDIAÍ NO PRÓXIMO DIA 21

Os vereadores Leandro Palmarini e Adriano Santana dos Santos apresentaram projeto conjunto que altera lei que criou a campanha permanente Pulmão Verde Jundiaí, de incentivo à arborização urbana, para ampliá-la.

Edicarlos Vieira também terá apreciada moção de apelo ao Governo do Estado por ampliação da ponte situada na divisa entre Jundiaí (Jardim Novo Horizonte) e Itupeva (bairro da Chave), junto à Avenida Carmine Todaro. Romildo Antônio da Silva apresentará moção de apoio aos professores da rede escolar particular de Jundiaí nas negociações salariais e renovação da convenção coletiva de trabalho.