13, novembro , 2018
Home Eleições Deputados de Jundiaí: Benedicto Castilho de Andrade eleito em 1894

Deputados de Jundiaí: Benedicto Castilho de Andrade eleito em 1894

Se o empresário e deputado Eloy de Miranda Chaves empresta hoje seu nome a um bairro de Jundiaí, Benedicto Castilho de Andrade eleito deputado estadual em 1894, é hoje nome da avenida que corta aquela região de Jundiaí. Avô da professora Maria Cristina Castilho de Andrade, colaboradora do Jundiaí Agora, Benedicto foi o segundo jundiaiense formado em Direito e o primeiro que atuou na área. O primeiro, que concluiu o curso, teria sido o Barão de Jundiaí, que foi deputado provincial. Mas, o Barão nunca exerceu a profissão. Esta informação foi revelada pelas pesquisas do historiador Geraldo Tomanik.

Benedicto era filho do alferes João Nepomuceno de Andrade, nascido em Atibaia, e de Angélica Rosa de Souza Castilho. Nasceu no dia 3 de julho de 1869.  O pai chegou a exercer, por eleição popular, o cargo de vereador em Jundiaí.

Os primeiros estudos do futuro deputado ocorreram em Jundiaí. Depois foi para o Seminário Episcopal de São Paulo. Cursou a Faculdade de Direito do Largo São Francisco, que concluiu em 1889.

Foi promotor público em Capivari e Casa Branca. Deixou este cargo e exerceu a advocacia em Casa Branca, São Simão e São Paulo. Além de advogado, militou na política elegendo-se Deputado Estadual no dia 1º de dezembro de 1894.

Casou-se com Virgilina Amélia Corrêa, filha do terceiro Barão do Rio Pardo, de Casa Branca, com quem teve seis filhos: Maria Amélia, João, Luiz, Judite, Benedito e Antonio. Todos falecidos.

Benedicto Castilho de Andrade morreu em São Paulo no dia 31 de maio de 1955. Deixou sete netos, quatro já falecidos. De acordo com Maria Cristina, ele jamais se distanciou de Jundiaí, onde tinha a chácara, conhecida por Chácara Castilho, hoje Vila Liberdade.

Curiosidade – De acordo com o historiador José Luiz Teixeira, de Atibaia, em seu livro “Família Atibaiana”, publicado em 1997, a família Andrade teria como ascendente Salvador Pires, que chegou ao Brasil com seu pai João Pires (O Gago) na expedição de Martin Afonso de Souza em 1531. Eram naturais da cidade do Porto.

MAIS ELEIÇÕES DE ANTIGAMENTE

LEMBRA DAS CÉDULAS E DAS URNAS?

VÍDEO: RELEMBRE RANDAL JULIANO GARCIA

O BARÃO DE JUNDIAÍ QUERIA ESTRADAS

A HISTÓRIA DE ELOY DE MIRANDA CHAVES

Facebook Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

CAPTCHA


  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Facebook Comments